PUBLICIDADE
Topo

Postos médicos da Sapucaí atendem 1.375 pessoas em 4 dias de desfiles

25.fev.2020 - Beija Flor encerrou a segunda noite de desfiles na Marquês de Sapucaí - Luciola Vilella/UOL
25.fev.2020 - Beija Flor encerrou a segunda noite de desfiles na Marquês de Sapucaí Imagem: Luciola Vilella/UOL

André Luís Nery

Colaboração para o UOL

25/02/2020 13h13

Resumo da notícia

  • Do total de atendimentos, 62 pessoas precisaram ser transferidas para hospitais
  • Maioria dos atendimentos foi por pequenos traumas e intoxicação alcoólica
  • Número de atendimentos neste Carnaval foi menor do que em 2019

Mais de mil pessoas precisaram de atendimento médico nos quatro dias de desfiles na Marquês de Sapucaí, no Rio. Desde sexta-feira (21), foram realizados 1.375 atendimentos, sendo que 62 pessoas precisaram ser transferidas para hospitais.

No segundo dia de desfiles do Grupo Especial, os postos médicos no sambódromo atenderam 408 pessoas até o fim das apresentações, na manhã desta terça-feira (25). Ao todo, 14 precisaram ser transferidas para hospitais públicos. A maioria dos atendimentos foi por pequenos traumas e intoxicação alcoólica.

Os sete postos de atendimento pré-hospitalares na Marquês de Sapucaí contavam com leitos e cadeiras de hidratação e foram preparados para atender as emergências durante o Carnaval.

Nos casos mais graves ou que necessitassem de maiores cuidados, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) disponibilizou 90 ambulâncias, distribuídas pelos seis dias de evento. A estrutura montada contava com 145 profissionais, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, além de apoio administrativo.

Segundo a secretaria, o número de atendimentos neste ano foi menor do que o registrado nos quatro dias de desfiles em 2019, quando foram realizados 1.396 atendimentos na Sapucaí. O número de transferências, no entanto, foi maior: 62 contra 58 ano passado.

Vacinação no Sambódromo

Novidade neste Carnaval, o posto de vacinação contra o sarampo montado pela Secretaria Municipal de Saúde no posto 7 do Sambódromo aplicou 568 doses. Somente nesta segunda-feira, 267 pessoas foram vacinadas pelos agentes de saúde. A ação continua no sábado, durante o Desfile das Campeãs, das 17h às 23h.

Quem tem até 59 anos e ainda não tomou a vacina contra o sarampo poderá procurar também um dos postos extras montados pela SMS em locais de grande movimentação. Nesta terça-feira, haverá vacinação na praça Antero de Quental, no Leblon, e na saída Mar da Estação Jardim Oceânico do metrô, na Barra, das 8h às 12h.

Rio de Janeiro