PUBLICIDADE

Topo

Ranking das Dietas


Ranking das Dietas

Quer emagrecer? VivaBem conta para você as melhores e piores dietas

Ranking das dietas 2020 - iStock
Ranking das dietas 2020 Imagem: iStock

Vamos adivinhar: a sua promessa de 2020 foi emagrecer? Na hora que se pensa nisso, é normal ficar perdido, a oferta de dietas por aí é imensa, e nem todas são bacanas para a saúde ou trazem resultados duradouros.

Mas por que isso acontece? Muito devido a falta de uma orientação médica. Além disso, a maioria das dietas se torna uma mudança temporária (até porque, muitas são insustentáveis por mais de duas ou três semanas), e ao voltar à vida de antes, é normal recuperar o peso anterior. Estudos mostram, inclusive, que algumas dietas podem fazer você ganhar mais peso do que você tinha antes.

A grande sacada está em mudar sua vida para ter o peso ideal e também saúde de uma maneira mais permanente. Pensando nisso, o VivaBem resolveu reunir um time de nutricionistas, nutrólogos e endocrinologista para avaliar 26 dietas e indicar quais são as melhores e piores, para que isso sirva de guia para você.

Conversamos com Andrea Pereira, nutróloga do Departamento de Oncologia e Hematologia do Hospital Israelita Albert Einstein (em São Paulo); Guilherme Giorelli, diretor da SMEERJ (Sociedade de Medicina Esportiva e do Exercício do Rio de Janeiro); Maria Edna de Melo, médica assistente do Grupo de Obesidade e Síndrome Metabólica do HC-FMUSP (Hospital das Clínicas da Faculdade de medicina da Universidade de São Paulo) e diretora do departamento de obesidade da SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia); Mariana Del Bosco, especialista em Fisiologia do Exercício pela Unifesp e mestre em Ciências pela Faculdade de Medicina da USP e Mônica Beyruti, especialista em Fisiologia do Exercício pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e em Nutrição em Cardiologia pela Socesp (Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo).

O resultado foi o seguinte:

Dieta Mediterrânea

1ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Baseada na alimentação dos países banhados pelo Mar Mediterrâneo (Itália, Grécia, França e Espanha), ela visa uma mudança completa de estilo de vida, que leva ao emagrecimento por incluir alimentos saudáveis com atividades leves no dia a dia.

Saiba tudo sobre a dieta mediterrânea.

Dieta Dash

2ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Essa metodologia controla as quantidades de sódio e é indicada como guia alimentar para quem tem ou quer prevenir a pressão alta, que pode impactar indiretamente no peso --ou mesmo diretamente, se o tamanho das porções for controlado.

Saiba tudo sobre a dieta Dash.

Dieta Mind

3ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Fusão entre a dieta mediterrânea e a Dash, a Mind busca prevenir problemas mentais (em inglês, mind significa mente), mas uma alimentação saudável dessa forma ajuda no controle de peso.

Saiba tudo sobre a dieta Mind.

Dieta TLC

4ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Focada no combate ao colesterol e proteção da saúde do coração, a dieta reduz as gorduras saturadas consumidas no dia, o que pode levar ao emagrecimento. Com controle de porções, é uma boa para perder peso.

Saiba tudo sobre a dieta TLC.

Dieta nórdica

5ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Como a dieta mediterrânea, ela tenta trazer para outros lugares os hábitos alimentares de uma região específica (no caso, os países escandinavos), incluindo frutas vermelhas, peixes e outros alimentos típicos.

Saiba tudo sobre a dieta nórdica.

Dieta dos pontos

6ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
O método conta calorias através de pontos e não controla os tipos de alimentos ingeridos, apenas a energia consumida. Apesar das dúvidas sobre essa liberdade, pode ser saudável se feita com supervisão.

Saiba tudo sobre a dieta dos pontos.

Dieta vegetariana

7ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Este modelo de alimentação (e estilo de vida) preconiza a retirada das carnes ou mesmo de alimentos derivados de animais, mas pode ajudar a emagrecer quando feita de forma correta.

Saiba tudo sobre a dieta vegetariana.

Jejum intermitente

8ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
O método consiste em ficar sem se alimentar algumas horas por dia ou mesmo um ou mais dias da semana, além de controlar a alimentação quando comer. Bastante em moda, é preciso ter cuidado com o que se come nos intervalos.

Saiba tudo sobre o jejum intermitente.

Dieta paleolítica

9ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Que tal voltar a se alimentar como seus antepassados? Essa dieta corta industrializados, massas e tudo que não existia no período paleolítico. No entanto, é complicada de ser seguida.

Saiba tudo sobre a dieta paleo.

Dieta flexível

10ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Essa metodologia prega que você pode consumir qualquer alimento, desde que você respeite as quantidades de carboidratos, proteínas e gorduras indicadas pelo seu profissional de saúde.

Saiba tudo sobre a dieta flexível.

Dieta Dukan

11ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Reduzir carboidratos e priorizar proteínas e gorduras: a dieta Dukan tem quatro fases e promete um emagrecimento rápido, mas é polêmica, principalmente com relação à manutenção do peso perdido.

Saiba tudo sobre a dieta Dukan.

Dieta low carb

12ª no ranking do VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Dietas como a Atkins e Dukan são exemplos de dietas low carb, ou seja, com poucos carboidratos. Nessa modalidade, entra qualquer plano em que os carboidratos sejam 40% ou menos das calorias consumidas no dia.

Saiba tudo sobre a dieta low carb.

Dieta Atkins

13ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Percursora das dietas ricas em proteínas, a Atkins foi reformulada recentemente e também prioriza proteínas e gorduras, diminuindo os carboidratos. Mesmo assim, é difícil de ser mantida.

Saiba tudo sobre a dieta Atkins.

Dieta do metabolismo rápido

14ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Baseada em um livro norte-americano, esse método muda sua alimentação três vezes na semana, por 28 dias. É trabalhoso e não parece realmente afetar o metabolismo.

Saiba tudo sobre a dieta do metabolismo rápido.

Dieta crudívora

15ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Já ouviu falar em pessoas que não só são vegetarianas, mas só consomem itens crus? Pois é, é essa dieta aqui! Os alimentos só podem ser aquecidos até 40ºC, mas metodologia pode ser perigosa.

Saiba tudo sobre o crudivorismo.

Dieta alcalina

16ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Será que o que comemos seria capaz de mudar o pH do do nosso sangue? Os defendores dessa dieta dizem que sim, mas não há respaldo científico.

Saiba tudo sobre a dieta alcalina.

Dieta do ovo

17ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
De vilão a mocinho, o ovo entra como base nessa alimentação com baixo consumo calórico diário, no entanto, não vale a pena consumir tantos ovos como esse método indica.

Saiba tudo sobre a dieta do ovo.

Dieta Whole30

18ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
O desafio, que virou moda na internet, é ficar 30 dias sem álcool, doces, cereais e alguns grãos. No entanto, ao contrário do que a moda diz, ela não é tão saudável, principalmente por sua restrição.

Saiba tudo sobre a dieta Whole 30.

Dieta detox

19ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Tá ai a dieta mais indicada quando passam as festas de final de ano: dizem ser a mais indicada para limpar o corpo e ainda perder uns quilinhos. No entanto a ciência nos mostra que o corpo é perfeitamente capaz de se desintoxicar sozinho.

Saiba tudo sobre a dieta detox.

Dieta cetogênica

20ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Criada inicialmente para ajudar quem tem epilepsia, a dieta reduz drasticamente os carboidratos para usar a energia da gordura do corpo e tem bom emagrecimento. Mas o método é bastante difícil de ser seguido e traz sintomas ruins.

Saiba tudo sobre a dieta cetogênica.

Dieta do tipo sanguíneo

21ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Será que uma pessoa com sangue O deve ter uma alimentação diferente de quem é AB? É isso que essa dieta defende, porém se nenhum embasamento científico.

Saiba tudo sobre a dieta do tipo sanguíneo.

Dieta dos 21 dias

22ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Dizem que 21 dias são suficientes para consolidar um novo hábito. Mas especialistas não acreditam que essa dieta seja o suficiente para ter um emagrecimento saudável e duradouro.

Saiba tudo sobre a dieta dos 21 dias.

Dieta da sopa

23ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Trocar uma ou mais refeições por sopa é um método muito usado no Brasil, mas que nem sempre é tão vantajoso, pois pode reduzir a ingestão de nutrientes importantes.

Saiba tudo sobre a dieta da sopa.

Dieta líquida

24ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
O método troca as refeições por sopas, sucos ou shakes e normalmente é usado para perder um pouco de peso em períodos curtos e é muito popular no Brasil, mas pode trazer restrições alimentares sérias.

Saiba tudo sobre a dieta líquida.

Dieta da USP

25ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Apesar do nome enganoso, essa dieta não tem nada a ver com a Universidade de São Paulo, e especialistas tanto de lá quanto de outras instituições tem muito para criticar sobre esse método.

Saiba tudo sobre a dieta da USP.

Dieta do HCG

26ª dieta no ranking VivaBem

iStock / Arte UOL
Imagem: iStock / Arte UOL
Esse método é considerado potencialmente perigoso: ele alia uma dieta extremamente pobre em calorias a aplicação de hormônio, que pode causar danos diretos à saúde.

Saiba tudo sobre a dieta do HCG.

Critérios do Ranking

As dietas do Ranking das Dietas UOL VivaBem foram avaliadas nos seguintes critérios:

  • Eficácia: em que foi avaliado o quanto a dieta realmente ajuda na perda de peso;
  • Saudabilidade: os especialista analisaram o quanto a dieta pode prejudicar ou melhorar a saúde;
  • Simplicidade: a dieta é fácil de seguir? Especialistas mensuraram o quanto a dieta dava trabalho e tinha ingredientes fáceis de achar;
  • Variedade: foi avaliado a quantidade de alimentos e nutrientes diferentes que essa dieta abrange;
  • Manutenção: depois que o peso perdido, é fácil mantê-lo? O item analisou o resultado dessas dietas em longo prazo.