PUBLICIDADE
Topo

Rio de Janeiro

Mangueira vai homenagear Cartola, Jamelão e Delegado em 2021

O sexto samba-enredo autoral consecutivo da escola vai se chamar "Angenor, José e Laurindo" - Divulgação
O sexto samba-enredo autoral consecutivo da escola vai se chamar "Angenor, José e Laurindo" Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

17/12/2020 19h21

A Estação Primeira de Mangueira anunciou hoje os três personagens homenageados no desfile de 2021: Cartola, Jamelão e Mestre Delegado, cujo centenário é comemorado no ano que vem.

O sexto samba-enredo autoral consecutivo da escola vai se chamar "Angenor, José e Laurindo", marcando a homenagem tripla.

Leandro Vieira, carnavalesco por trás do desfile, explica que a homenagem também é uma forma de a Mangueira fazer uma "reparação":

"Através do centenário do Mestre Delegado, que acontece em 2021, a Mangueira fará uma reparação importante em sua história, quando deixou de homenagear outros dois grandes nomes que passaram em branco em seus centenários: Cartola, seu fundador, e Jamelão, que através de sua voz eternizou sambas antológicos que ganharam o mundo."

A notícia vem na semana em que o Palácio do Samba, quadra da Estação Primeira de Mangueira, foi interditado pelo Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro após realização de eventos irregulares com aglomeração.

Em nota o CBMERJ (Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro) afirmou que a quadra da escola vem sendo palco de eventos não-autorizados, "desrespeitando as regras de ouro de enfrentamento à covid-19".

Rio de Janeiro