PUBLICIDADE
Topo

Rio de Janeiro

União da Ilha e Unidos da Tijuca perdem um décimo na apuração

União da Ilha desfila na Sapucaí - Luciola Vilella/UOL
União da Ilha desfila na Sapucaí Imagem: Luciola Vilella/UOL

Do UOL, em São Paulo

26/02/2020 16h26

Depois de realizar um desfile problemático, a União da Ilha do Governador começou com o pé esquerdo a apuração das notas do Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro. A escola abriu a contagem com um décimo a menos por ter estourado o tempo, tendo realizado seu desfile em 71 minutos, sendo que o permitido é 70 minutos.

A Unidos da Tijuca também se prejudicou e começou a apuração com um décimo a menos por ter estourado o número de tripés permitidos na avenida.

O desfile da União da Ilha foi marcado por uma sucessão de erros. Segunda alegoria da União da Ilha, um ônibus, acelerou na dispersão e quase atropelou componentes. O veículo teve que ser segurado.

Além disso, uma falha no motor de um dos carros causou um enorme buraco bem no meio do desfile. Era o terceiro carro, Operários em Construção, que precisou ser empurrado pelos integrantes da escola.

Já a Unidos da Tijuca, já temendo ser penalizada, recorreu à Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa), de acordo com informações do jornal "Extra". .

Rio de Janeiro