PUBLICIDADE
Topo

Rio de Janeiro

'Esse ano não vamos bater na trave', diz rainha da Viradouro

Igor Mello

Do UOL, no Rio

24/02/2020 00h14

Ao chegar à Praça da Apoteose minutos antes do tempo máximo de desfile, a alegria nos componentes da bateria da Viradouro era visível. Com um samba-enredo que funcionou bem na avenida, a agremiação de Niterói levantou o público durante todo o desfile com paradonas comandadas por Mestre Ciça, um dos mais famosos mestres de bateria do Carnaval carioca.

Desfilando mais uma vez à frente da bateria da Viradouro, Raissa Machado estava empolgada com a recepção das arquibancadas. E demonstrou esperança que em 2020 a escola supere o vice-campeonato do carnaval passado.

"Esse ano foi incrível! A Sapucaí inteira cantando, batendo palma. Foi emocionante. É resultado de muito trabalho nosso", comemorou. "Esse ano não vamos bater na trave, não. Viemos aqui para isso [ser campeões]".

De poucas palavras, Mestre Ciça exaltou o desempenho de seus ritmistas nas paradinhas.

"Nós trabalhamos para isso. Foram 8 meses de ensaios", afirmou.

Rio de Janeiro