PUBLICIDADE
Topo

"Me sinto uma atleta olímpica", diz Preta Gil com bloco em SP, RJ e BA

Preta Gil é apresentada como musa do Bloco do Copa - Instagram/Reprodução
Preta Gil é apresentada como musa do Bloco do Copa Imagem: Instagram/Reprodução
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

12/02/2020 10h14

Está tudo pronto para Preta Gil enfrentar mais uma maratona de Carnaval com o seu tradicional Bloco da Preta - existente há 11 anos no Rio de Janeiro, quatro em Salvador e há dois em São Paulo. A cantora, que começa a preparar seu Carnaval do próximo ano assim que termina o último, muda totalmente sua rotina para viver intensamente os dias de festa alegrando milhões de foliões pelo país. Ela arrumou um tempo em sua badalada agenda e revelou à Coluna do Leo Dias como é sua preparação nesta época e como sua equipe atua para ajudá-la.

"O Bloco da Preta não para e, ao longo do ano, fazemos shows e ensaios por todo o Brasil para mantermos a chama acesa", diz Preta, que define sua correria no Carnaval como uma 'maratona olímpica': "Neste período me sinto uma atleta olímpica. Fico monitorada, tenho uma equipe multidisciplinar full time com fonoaudiólogo, nutricionista, fisioterapeuta, tudo para me dar suporte."

Com poucas horas de sono, deslocamentos e ansiedade, o acompanhamento da equipe se faz totalmente necessário para que Preta dê conta de sua agenda, sempre com um sorriso no rosto.

"Muda tudo nesta época. É difícil de explicar, mas é como um estado de transe que me move. Sempre busco não me ater a pequenos problemas e foco em seguir confiante. Tenho um time de grandes profissionais ao meu lado e confio nele para poder cumprir todos os compromissos. Dorme-se muito pouco até por conta da adrenalina e dos deslocamentos, mas vale a pena. São muitos anos já e isso cria um certo condicionamento, mas sou humana e tudo pode acontecer. Tenho muita fé na missão de levar amor e alegria para as pessoas, e é isso que me ajuda a cumprir a maratona".

Preta fala também de questões burocráticas, com as prefeituras de cada cidade, para que seu bloco esteja sempre preparado para desfilar, com segurança e alegria para seu público. "Durante o ano nós conversamos com órgãos públicos em busca de melhorias e organização. Nossa experiência acabou nos transformando em uma referência por termos sido um dos primeiros dos chamados 'megablocos", explica a cantora, que completa: "Todos os anos eu agradeço por ter conseguido vencer mais uma jornada. Ver a alegria de centenas de milhares de pessoas é o que me estimula a seguir."

Neste ano, o Bloco da Preta desfila no Rio (na Avenida Presidente Antônio Vargas) no dia 16 de fevereiro, em Salvador (no Circuito Barra Ondina) no dia 21, e em São Paulo (no obelisco do Ibirapuera), no dia 1 de março. Fora isso, Preta se apresenta em camarotes da Sapucaí, realiza seu 'Baile do Bloco da Preta', no Rio, e é atração em Caraguatatuba, litoral de São Paulo.

*Com colaboração de Lucas Pasin

Leo Dias