PUBLICIDADE
Topo

Escolas de samba contestam vice da Grande Rio e exigem mudança no júri

Grande Rio se prepara para desfile na Sapucaí - úlio César Guimarães/UOL
Grande Rio se prepara para desfile na Sapucaí Imagem: úlio César Guimarães/UOL
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

02/03/2020 07h25

Resumo da notícia

  • Vice-campeã, Grande Rio teve problemas no abre-alas e no quarto carro. Era esperado que a escola de Caxias perdesse pontos em evolução e harmonia
  • Capitão Guimarães, um dos fundadores da Liga das escolas de samba, vai entrar com um pedido para uma mudança radical dos julgadores
  • Uma série de denúncias contra jurados começa a chegar à Liga
  • Uma delas dá conta de que os julgadores já sabiam do problema no primeiro carro da Grande Rio, mas uso de celular é proibido durante o julgamento

Algumas escolas de samba do Grupo Especial vão solicitar uma mudança mais drástica nos jurados do Carnaval do Rio após o resultado desse ano. A vice campeã Grande Rio teve problemas em seu desfile, como o abre-alas que uma parte ficou parada na concentração deixando um "buraco" na Avenida. Além disso, o quarto carro se movimentou com dificuldades durante quase todo o desfile. Com esses problemas, era esperado que a escola de Caxias perdesse pontos nos quesitos como evolução e harmonia.

"Muito esquisito a Grande Rio ter feito o buraco que fez e não ter perdido ponto em harmonia, especialmente na primeira cabine. Ninguém contesta o título da Viradouro, mas a posição das escolas. Grande Rio e Mocidade foram as que geraram mais dúvidas", disse o dirigente de uma escola que pediu para não ser identificado.

Capitão Guimarães, um dos fundadores da Liga das escolas de samba, vai entrar com um pedido para uma mudança radical dos julgadores. Capitão é ligado à Vila Isabel, que mostrou-se indignada com seu oitavo lugar. Como forma de protesto, Luiz Guimarães, que está à frente da escola, desfilou no sábado das campeãs ao lado de Gabriel David, da Beija-Flor, filho de Anísio. Juntos, e representando seus pais, eles querem uma renovação imediata da Liga. Eles sabem que Anísio e Capitão esperam deles esse tipo de atitude.

Enquanto isso, uma série de denúncias contra jurados começa a chegar à Liga. Uma delas dá conta de que os julgadores já sabiam do problema no primeiro carro da Grande Rio mesmo antes da escola entrar na Avenida. Vale ressaltar que o uso de aparelho celular é proibido durante o julgamento. Tudo isso promete agitar a Liesa nos próximos dias.

Leo Dias