PUBLICIDADE

Topo

Alto Astral

Signos e saúde: astróloga explica tendências a dores e estresse de cada um

Especialista comenta comportamentos dos signos e como eles lidam com problemas de saúde - davidf/Getty Images
Especialista comenta comportamentos dos signos e como eles lidam com problemas de saúde Imagem: davidf/Getty Images

Camila Eiroa

Colaboração para Universa

14/09/2020 04h00

Sabia que a influência dos signos, para a astrologia, pode ajudar a descobrir a área da saúde que precisa de mais atenção? Para além do autoconhecimento previsto em uma leitura de mapa astral, ele pode nos ajudar a identificar como reagimos em determinadas situações e como alguns acontecimentos impactam a nossa vida.

Sendo assim, fica mais fácil perceber de que maneira nosso emocional e nosso físico é afetado através de nossas vivências, o que pode resultar inclusive em problemas com a saúde.

Signos e a saúde

"Tudo no nosso mapa astral nos ajuda a identificar como lidamos, cuidamos e presenciamos nossa saúde. A casa 1 mostra como nosso físico se manifesta, o Sol vai dizer respeito a nossa vitalidade e o ascendente como nos afetamos com determinadas coisas e a Lua como digerimos. A casa 6, por sua vez, pode trazer mais especificações sobre a saúde", diz a astróloga Sara Koimbra.

A astrologia pode ajudar a prevenir problemas de desequilíbrio de saúde a partir do momento em que mostra a quais tendências estamos expostos. "Se a gente aponta algo que pode acontecer em determinado momento da vida, fica mais fácil trabalhar para prevenir isso, mesmo que seja algo não manifestado na pessoa.

Exemplo: se na casa 6, que é a casa da saúde, a pessoa tem questões difíceis com Saturno, o astro que fala dos ossos, pode ser que na velhice ela venha a ter problemas com a parte óssea. Assim se torna possível cuidar da alimentação e ter medidas preventivas antes de isso se materializar de alguma forma", conta Sara.

Abaixo, a astróloga conta as tendências de saúde para cada signo, que podem influenciar não só o signo solar, como o ascendente, a Lua, o ascendente e, principalmente, as casas 1 e 6. Para quem quer aprofundar a interpretação, pode procurar uma leitura de mapa focada em saúde.

Áries

Por ser um signo de muita energia, Áries tem grande tendência a desenvolver problemas como ansiedade e estresse. Também pode sofrer com dores de cabeça, tensão nos músculos dos ombros, pressão alta e nevralgias. É importante prestar atenção nas emoções e tentar descansar a mente diariamente, sem deixar acumular a típica tensão ariana.

Touro

Além de ser o signo relacionado ao sistema digestivo, é preciso prestar atenção nas emoções para não ficar com nada guardado e causar dores ou inflamações na garganta, causadas por problemas emocionais. Apesar disso, Touro tem uma grande energia de absorção e pode tirar vantagem disso para digerir melhor as situações.

Gêmeos

Como um dos signos de ar, pode ser afetado por tudo que envolve o sistema respiratório. Tem tendência a desenvolver problemas como pneumonia, bronquite e asma, o que pode ter como causa a ansiedade. Deixar as situações fluírem e buscar tratamentos naturais podem ser boas alternativas.

Câncer

É o signo que rege o aparelho digestivo e que tem uma energia materna. Por isso, tem facilidade de se recuperar, mas pode adoecer como forma de autoproteção, como um recado para diminuir o ritmo. O estresse pode causar dores estomacais também, sendo importante tirar um tempo para digerir situações difíceis e deixar o passado ir embora.

Leão

Signo que rege o coração e, por isso, precisa de atenção ao checkup anual e cuidado com doenças cardíacas, assim como colesterol. Tem tendência a sentir palpitações e arritmias. Outro ponto de atenção para leoninos é a coluna, que pode ser alvo de lordose e escoliose. Por sua energia, faz a recuperação ser mais rápida.

Virgem

É um signo muito preocupado com sua saúde e, em excesso, pode se tornar hipocondríaco. Tem tendência a ter problemas intestinais, mas como está sempre muito atento aos sintomas deve agir rápido e levar o tratamento a sério. Complicações são mais raras.

Libra

Librianos precisam tomar cuidado para não reprimir demais as emoções, já que elas podem acabar se solidificando em cálculos renais. Além disso, este signo tende a ter problemas de infecção urinária e cólicas. É muito importante beber muita água, já que Libra rege os rins.

Escorpião

É um signo que rege a área sexual, portanto é preciso cuidado redobrado na proteção, tanto física quanto energética, nas relações. Também pode ter problemas com intestino desregulado. Como todo signo de água, tem grande força para se regenerar e se adaptar, mas também pode ser mais sensível.

Sagitário

O sagitariano tem tendência a se machucar mais nas coxas, nádegas e quadril. Além disso, com sua energia forte de fogo, tem propensão a problemas no fígado e relacionados ao sangue. É importante cuidar das ações por impulsos, mas essa força pode ser positiva e ajudar a buscar informações para tratamentos.

Capricórnio

Tem grande tendência a ter doenças da terceira idade desde cedo, como problemas ósseos, reumatismo nos joelhos e na coluna. Por ser muito exigente e perfeccionista, pode desenvolver problemas de má digestão e absorver estresse por não ter limites no trabalho e se cobrar demais.

Aquário

Pessoas do signo de aquário podem desenvolver, com mais facilidade, doenças circulatórias, além de problemas nervosos, com estresse e ansiedade. O aquariano precisa tomar cuidado para não cuidar demais dos outros e negligenciar a própria saúde.

Peixes

Signo que rege os pés e o sistema linfático, tem propensão a desenvolver problemas hormonais e transformar uma situação mal resolvida em dor física, desenvolvendo doenças causadas pelo desequilíbrio emocional. Por isso, é importante se cuidar e fazer atividades que liberem o estresse, além de sempre escutar sua intuição.

Alto Astral