PUBLICIDADE

Topo

Posso falar sobre meu mapa astral para todos? Astrólogos recomendam que não

Para astrólogos, os dados do mapa astral são sagrados e não devem ser compartilhados com qualquer um -
Para astrólogos, os dados do mapa astral são sagrados e não devem ser compartilhados com qualquer um

Camila Eiroa

Colaboração para Universa

06/04/2020 04h00

Entre amigos, em grupos de discussão no Facebook e até em entrevistas de emprego. Quem é ligado em astrologia já pode ter visto uma troca sem precedentes de dados completos de nascimento, com data e hora, e até mesmo de mapa astral pessoal por aí. Porém, será que é certo expor toda nossa configuração astrológica para quem não conhecemos?

"Pessoas mal-intencionadas podem descobrir coisas muito profundas através do mapa natal. Sabendo de pontos sensíveis, é possível usar frases bem escolhidas de maneira a manipular a pessoa, inclusive para seduzi-la. Também é possível descobrir neuroses e outros pensamentos que podem desestabilizar qualquer humor", conta a astróloga Maria Eunice Sousa.

Segundo ela, o mapa astral é uma fonte muito grande de informações íntimas. Por isso, se não tomarmos cuidado com essas informações, poderemos ser manipulados por pessoas que podem querer tomar algum proveito de nós. O conselho da astróloga é não sair passando ou expondo as referências do próprio mapa para quem não conhecemos. Afinal, não dá para garantir o que vão fazer com isso.

O que é possível saber através do mapa astral?

Carlos Falcão, também astrólogo, conta que não há nenhum tipo de informação humana que não esteja contemplada em um mapa astral, seja da essência da pessoa analisada, seja das experiências em cada área da vida dela. "Podemos identificar de forma nítida os desafios naturais, mostrando como enfrentá-los e também identificar todos os potenciais mais relevantes, estejam eles latentes ou não. Não há ferramenta de autoconhecimento mais eficiente que uma boa leitura de mapa astral", diz.

O profissional relata que, no geral, as pessoas que procuram o trabalho ficam chocadas quando descobrem o alcance de informações que um mapa pode dar "com extrema precisão". Por isso é fundamental o astrólogo esclarecer essa capacidade antes de confirmar um serviço de leitura, até para o cliente dizer se está à vontade, ou não, com essa invasão — por assim dizer.

Existem outras análises interessantes que são possíveis de fazer através da leitura do mapa natal astrológico. Uma delas é sobre as vocações profissionais de cada pessoa. A outra, a sinastria amorosa de um casal. Neste último caso, é preciso ter os dados completos de nascimento das duas pessoas envolvidas no relacionamento. Porém, não adianta fazer sem o consentimento do seu amor, ok?

Maria Eunice Sousa explica que a sinastria amorosa nada mais é do que a comparação do mapa astral do casal, para ver basicamente as potencialidades e desafios da relação. "Eu, particularmente, faço isso apenas quando as duas pessoas estão presentes. Se apenas uma pessoa está, faço a leitura através da perspectiva do mapa dessa pessoa. Falar do mapa do outro seria extremamente invasivo e completamente antiético, mesmo que tenha sido autorizado", diz.

É preciso ter receio?

"Como dizia a psiconeurolinguística, um mapa não é um território. Em metáfora, é preciso fazer sua própria excursão para saber se aquele lugar corresponde às fotos do catálogo da agência de viagem. Entende? Pessoas mal-intencionadas sempre vão procurar uma forma de conhecer a vulnerabilidade daquelas que querem dominar. Porém, a Era de Aquário está chegando e vamos ficar mais intuitivos para saber quando estiverem mentindo ou tramando algo para nós", acredita Nando Guimarães.

O colega de profissão, Carlos, concorda e frisa que cada pequena situação astrológica pode envolver inúmeros caminhos de interpretação. Ou seja, sempre é necessário interagir com a pessoa dona do mapa para saber exatamente como tais aspectos se manifestam. "O próprio cliente vai nos dar alguns direcionamentos para poder interpretar de maneira precisa. Mas, infelizmente, a astrologia tanto pode ser usada para fins sublimes, quanto para fins mal-intencionados. Depende do caráter e da ética da pessoa", diz.

Mapa astral é sagrado?

"Eu entendo que o mapa natal é sagrado na medida em que a nossa intimidade é sagrada. Por exemplo: a gente não sai mostrando a nossa intimidade por aí para qualquer um, certo? Então tem partes de nós que não devemos abrir para ninguém simplesmente porque é da nossa intimidade", reflete a astróloga Maria Eunice.

Para Carlos, o mapa astral em si não é sagrado. Ele é apenas um mostruário das nossas informações de vida e sobre como isso se relaciona com a nossa existência. "Sagrado? Sagrado é a vida e como cuidamos dela", finaliza.

Alto Astral