PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Arbitragem erra, e Flu estreia com derrota para o Resende no Carioca

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, no Rio de Janeiro

04/03/2021 23h04

Classificação e Jogos

Apesar da boa atuação da "seleção de Xerém", o Fluminense perdeu de virada para o Resende, por 2 a 1, na estreia no Campeonato Carioca. A partida desta quinta-feira (4) foi marcada por erros de arbitragem ainda no primeiro tempo.

Jefinho e Kaique marcaram os gols do time do sul fluminense no jogo. Alexandre Jesus abriu o placar pelo Tricolor. O árbitro Grazianni Maciel Rocha não assinalou pênalti claríssimo para o Flu, que ainda teve um gol mal anulado com Caio.

André comanda time e é o melhor em campo

Já "experiente" em meio aos jovens, o volante André foi o melhor do Flu no Maracanã. Homem do passe no meio de campo, o camisa 8 iniciou quase todos os ataques e comandou a equipe enquanto esteve em campo. Além disso, quase fez um golaço na volta do segundo tempo, mas parou no travessão.

Iluminado, Jefinho brilha em virada do Resende

O melhor do jogo ficou para o final: aos 51, o habilidoso Jefinho, que havia entrado no segundo tempo, virou o placar para o Resende. O menino de 21 anos, que começou a jogar bola apenas aos 18, teve seu dia de sonho no Maracanã e levou a equipe do sul fluminense à vitória na estreia do Estadual.

Iluminado, Jefinho marcou o gol da vitória de virada do Resende sobre o Fluminense no Carioca - Jorge Rodrigues/AGIF - Jorge Rodrigues/AGIF
Iluminado, Jefinho marcou o gol da vitória de virada do Resende sobre o Fluminense no Carioca
Imagem: Jorge Rodrigues/AGIF

Arbitragem prejudica o Flu duas vezes

O Campeonato Carioca começou para o Fluminense já com as recorrentes queixas tricolores com a arbitragem. Desta vez, com razão. Aos oito minutos, Miguel invadiu a área sozinho após linda bola de Gabriel Teixeira e driblou Jefferson, que o derrubou com um empurrão. Bem posicionado, o árbitro Grazianni Maciel Rocha mandou seguir.

Como se não bastasse o primeiro erro, aos 15, Miguel colocou a bola na cabeça de Caio, que desviou para abrir o placar. O bandeirinha correu para o meio, o árbitro abriu os braços, os jogadores foram para a comemoração... e um minuto depois, o gol foi anulado. Havia três jogadores dando condição para o camisa 5 do Flu.

Flu amassa, mas gol não sai

Mesmo com jogadores muito jovens e ainda longe do entrosamento ideal, o Flu foi senhor do jogo no primeiro tempo. Depois dos dois erros de arbitragem, o Tricolor ainda levou perigo ao gol de Jefferson em pelo menos mais duas oportunidades. Aos 27, Gabriel Teixeira emendou um chute sem deixar a bola cair e obrigou o goleiro do Resende a fazer grande defesa para evitar a alteração no placar.

Destaque, Miguel sai com indisposição

Bem no jogo, o Fluminense teve em Miguel seu maior destaque no primeiro tempo. Pelo menos nos primeiros 35 minutos, porque o jovem de 17 anos, que atuava com a camisa 10, sentiu uma indisposição e deixou a partida. Não fosse a arbitragem, o jovem poderia ter sofrido um pênalti e dado uma assistência na estreia do Tricolor na competição.

Joia, Kayky estreia como profissional

Em um jogo de muitas caras novas, o Fluminense "apresentou" à sua torcida o jovem Kayky Chagas, de 17 anos, joia das divisões de base do clube em Xerém. Comparado à Neymar e tido como um dos melhores de sua geração (2003) em todo o mundo, o atacante, já negociado com o Manchester City, substituiu Miguel e logo em seu primeiro lance deu uma caneta.

Kayky fez sua estreia como profissional pelo Fluminense contra o Resende - Mailson Santana/Fluminense FC - Mailson Santana/Fluminense FC
Kayky fez sua estreia como profissional pelo Fluminense contra o Resende
Imagem: Mailson Santana/Fluminense FC

Tricolor quase marca no início do 2º tempo

Logo no primeiro minuto, o Flu mostrou que tinha muito mais qualidade e quase marcou o primeiro. Kayky recebeu na ponta direita, cortou para dentro e achou André, que tirou a zaga toda no domínio e soltou uma bomba. A bola venceu Jefferson, mas explodiu no travessão.

Jovens cansam e Resende assusta em contra-ataque

A partir dos 15 minutos da segunda etapa, a juventude e inexperiência do Fluminense passou a cobrar a conta. Apesar de terem muito mais posse de bola e de mostrarem maior capacidade técnica que o adversário, o Tricolor cansou. Os laterais Dani Bolt e Raí caíram com cãibras, e o volante Caio não passava mais do meio de campo. Com a marcação frouxa, o Resende assustou em contra-ataques. Aos 24, Jefinho deu um drible da vaca em Frazan e bateu forte, mas mandou por cima do gol.

Alexandre entra e abre o placar

O Flu dava sinais de cansaço quando Ailton, enfim, resolveu mexer no time. Aos 32, o técnico sacou Samuel e Gabriel Teixeira e lançou o meia Arthur e o centroavante Alexandre Jesus. No minuto seguinte, o Tricolor fez boa jogada, colocou a bola na área e o atacante subiu mais que todo mundo para cabecear com força e abrir o placar.

Frazan falha e Resende empata

Quando enfim parecia assegurar a vitória com uma boa atuação, os moleques de Xerém sofreram um duro golpe. Mais experiente de todo o time, o zagueiro Frazan cortou mal uma bola cruzada da esquerda e acertou seu companheiro Luan. Depois, tentou dar um chute para a frente mas a bola explodiu no ataque e sobrou para Kaique, que conferiu no segundo pau e empatou a partida para o Resende.

Resende vira no último lance

O jogo parecia caminhar para o empate quando o Resende chegou à virada no último lance. João Felipe fez grande jogada pela direita e cruzou para Nunes, que escorou para Jefinho driblar Frazan, bater Pedro Rangel e dar a vitória ao time do sul fluminense.

Roger vai ao Maracanã ver 'seleção de Xerém'

Novo técnico do Fluminense, Roger Machado foi ao Maracanã acompanhar a "seleção de Xerém" montada para disputar o Campeonato Carioca. O treinador esteve acompanhado de Roberto Ribas, Jussan Anjolin e James Freitas, membros da comissão técnica que chegaram com ele para 2021.

Transmissão com problemas

Novidade para a edição de 2021, a transmissão por streaming da FluTV enfrentou problemas técnicos. No primeiro tempo, foram recorrentes as "travadas" e telas cinzas. As mudanças recorrentes nos cortes de câmera para uma imagem atrás do gol, como em jogos de videogame, também foram alvo de reclamação de tricolores nas redes sociais.

FICHA TÉCNICA

RESENDE 2x1 FLUMINENSE

Data/Hora: 04/03/2021, às 21h (de Brasília).
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ) e Rafael Sepeda de Souza (RJ)
Cartões amarelos: Eduardo Grasson, João Felipe, Derli (RES), Daniel (FLU)
Gols: Alexandre Jesus, aos 33' do 2º tempo (FLU), Kaique, aos 38' do 2º tempo e Jefferson Ruan, aos 51' do 2º tempo.

RESENDE: Jefferson; Thiago Ryan, Grasson, Dão (Marcão) e Alex Barros; Derli, Paulo Victor (Jonathan), Guioto (Jefinho) e Matheuzinho (Kaique); Matheus Bastos (João Felipe) e Nunes. Técnico: Sandro Sargentim.

FLUMINENSE: Pedro Rangel, Daniel Lima, Luan Freitas, Frazan e Raí; André (Wallace), Caio Vinícius (Nascimento), Gabriel Teixeira (Alexandre Jesus) e Miguel (Kayky); Samuel (Arthur) e John Kennedy. Técnico: Aílton.

Fluminense