PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Juju Salimeni lamenta rebaixamento da X-9, mas diz que fica como rainha

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

25/02/2020 18h33

Juju Salimeni lamentou o rebaixamento da X-9 Paulistana após a apuração dos desfiles das escolas de samba do Grupo Especial de São Paulo. Entretanto, ela se diz pronta para a próxima e garante que continuará como rainha de bateria no Carnaval do ano que vem, no Grupo de Acesso.

"Estou muito triste com o resultado, a escola foi muito prejudicada em vários sentidos, mas nada muda em relação ao meu posto. Estou disponível para a escola independente de qual grupo esteja", disse ela ao UOL.

Mais tarde, a ex-panicat foi ao Instagram reiterar sua fidelidade e chamou o momento de "injusto e triste". "São três anos à frente dessa bateria, três anos que fui acolhida por uma comunidade guerreira, três anos que me sinto em casa e serão mais quantos anos me permitirem ter essa honra! Estarei sempre com vocês onde estiverem".

A escola teve dificuldades com uma de suas alegorias, o que a fez ser penalizada em cinco décimos. A X-9 desfilava com um carro acoplado, quando o encaixe que unia as bases se soltou e configurou na presença de dois carros distintos na avenida. A escola perdeu três décimos pela quebra do regulamento e dois décimos por cada carro a mais.

Juju, que fez uma preparação intensa para o Carnaval, desfilou com uma fantasia de índia à frente da bateria da escola.

São Paulo