PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Paulo Serdan, presidente da Mancha Verde, é internado com covid-19

"Já venci muitas batalhas em minha vida e essa será mais uma", disse Paulo Serdan em suas redes sociais - Reprodução/Facebook
"Já venci muitas batalhas em minha vida e essa será mais uma", disse Paulo Serdan em suas redes sociais Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

18/08/2020 11h27

Paulo Serdan, presidente de honra da torcida organizada Mancha Alviverde e presidente da escola de samba Mancha Verde, está internado com o novo coronavírus.

"Infelizmente essa maldita doença que matou milhares de brasileiros, inclusive uns amigos, e infectou milhões, me pegou. Já venci muitas batalhas em minha vida e essa será mais uma. Logo estaremos juntos!", publicou Serdan em suas redes sociais na madrugada de hoje.

Segundo a Mancha Verde, Serdan está internado desde a noite de ontem e, no momento, seu "quadro é estável e sem maiores complicações". Ainda segundo a escola, ele está "bem e com a saturação de oxigênio controlada".

"Estamos aqui em oração, desejando uma breve recuperação ao nosso presidente e dando total apoio à família", disse a escola de samba em uma publicação em suas redes sociais.

Fundador e presidente da escola de samba Mancha Verde, criada em 1995, Serdan também foi um dos fundadores da organizada de mesmo nome, que foi impedida de entrar nos estádios na metade dos anos 90. A Mancha Verde foi "substituída" pela Mancha Alviverde, que nomeou Serdan como presidente de honra.

Em uma parte do site da organizada em que é contada a história da torcida, a Mancha Alviverde diz que Serdan é "um dos grandes responsáveis, se não o maior, pelo crescimento estrutural da torcida".

No último Carnaval, a Mancha Verde ficou em segundo lugar do Grupo Especial com o enredo "Pai! Perdoai, eles não sabem o que fazem!". Em 2019, foi campeã com o tema "Oxalá, salve a princesa! A saga de uma guerreira negra".

Futebol