Topo

O poder dos alimentos

Seu prato torna sua vida mais saudável


O poder dos alimentos

9 alimentos que ajudam a devolver o viço à pele seca

VivaBem Poder dos Alimentos Pele sem viço
Imagem: Gabriela Sánchez/VivaBem

Raquel Drehmer

Colaboração para o UOL VivaBem

08/02/2019 04h00

Por perder mais água do que o organismo é capaz de repor e pela fraca atividade das glândulas sebáceas (causada por predisposição genética ou por fatores externos, como a exposição sem proteção ao sol e às temperaturas frias e o uso de produtos de beleza e higiene inadequados), a pele seca tem uma tendência à descamação, vermelhidão, coceira e ao envelhecimento precoce, marcado pelo surgimento de linhas de expressão e fissuras. É uma pele sem brilho, firmeza e elasticidade.

Além de tratamentos dermatológicos em consultório e do uso dos produtos corretos em uma rotina diária de cuidados --composta por limpeza, tonificação e hidratação --, a alimentação pode ajudar a devolver o viço à pele seca.

O UOL VivaBem traz aqui dez alimentos que beneficiam a pele seca e três que a prejudicam. Vale ressaltar que eles devem ser complementares à alimentação balanceada, não substituem tratamentos médicos e que algumas ocorrências de pele seca são consequência de doenças como dermatite atópica e hipotireoidismo. É preciso consultar-se com especialistas para curá-las e então observar a melhora na saúde cutânea.

A lista foi elaborada com a ajuda das nutricionistas Heloisa Helena Chaves Carvalho, mestre em microbiologia de alimentos da Ufrgs (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), Viviane Bellucci de Almeida, doutoranda em fisiologia da nutrição pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e professora do curso de nutrição da FMU (Faculdades Metropolitanas Unidas) e Claudia H. G. dos Santos, coordenadora do curso de nutrição da Universidade Anhembi Morumbi, e da fisioterapeuta Cristina Duarte, coordenadora da graduação em estética da Universidade Anhembi Morumbi.

Coloque no prato

Getty Images
Imagem: Getty Images

Cenoura
Vegetais amarelo-alaranjados como cenoura, mamão, manga e abóbora são ricos em betacaroteno, substância antioxidante que protege a pele contra os raios ultravioletas do sol e ajudam na proteção contra o ressecamento causado pela exposição solar. Também são fontes de vitaminas A e C, que juntas atuam na regeneração celular.

iStock
Imagem: iStock

Uva e seus derivados
Os flavonoides encontrados na uva e em seus derivados defendem as células contra a ação dos radicais livres, que aceleram o envelhecimento da pele, e têm ação fotoprotetora, que pode complementar o trabalho do filtro solar de uso diário.

iStock
Imagem: iStock

Ovo cozido
Ótima fonte de lecitina, um emulsificante que promove a interação entre as gorduras saudáveis e a água, beneficiando a hidratação natural da pele. A gema é mais importante que a clara para este fim.

iStock
Imagem: iStock

Frutas cítricas
A abundância de vitamina C da laranja e do limão beneficia a pele seca não apenas por se tratar de uma poderosa antioxidante, mas também por atuar na formação do colágeno, responsável pela firmeza da pele.

iStock
Imagem: iStock

Espinafre
Vegetais verdes escuros como espinafre, couve e brócolis contêm uma combinação especial de ferro, ácidos graxos ômega 3 e vitaminas A, B e E que protege a pele e estimula o organismo a produzir gordura boa que hidrata a pele, além de melhorar suas defesas contra agressões externas.

iStock
Imagem: iStock

Oleaginosas
Nozes e castanhas são ricas em gorduras monoinsaturadas, que hidratam a pele, e em antioxidantes, que combatem os radicais livres. Com isso, promovem a elasticidade, ajudam as células a se regenerar e protegem contra agentes externos que ressecam a pele.

iStock
Imagem: iStock

Abacate
Seu forte é a gordura ômega 9 (ácidos graxos monoinsaturados), que dá elasticidade, combate as linhas de expressão típicas da pele seca e equilibra a oleosidade, deixando a pele mais viçosa e brilhante.

iStock
Imagem: iStock

Sardinha
Peixes como atum, sardinha e salmão são especialmente ricos em ômega 3. Eles dão viço, maciez e elasticidade à pele seca e evitam a formação de prostaglandinas pró-inflamatórias responsáveis pelo envelhecimento precoce da pele.

iStock/VivaBem
Imagem: iStock/VivaBem

Chá verde
É fonte de catequina, um fitonutriente da família dos polifenóis com ação antioxidante para a pele tão eficiente quanto as vitaminas C e E.

Melhor evitar

iStock
Imagem: iStock

Sucos de frutas
Mesmo os sucos 100% naturais. Eles têm uma concentração muito alta de açúcares simples (glicose e frutose, por exemplo) que tiram água do organismo para serem transformados em energia --ou seja, tornam mais difícil a hidratação da pele.

iStock
Imagem: iStock

Bebidas alcoólicas
O organismo também "rouba" água da circulação para lidar com o álcool, mas desta vez não é para gerar energia: é apenas para metabolizar as moléculas alcoólicas e minimizar o mal-estar da ressaca. A pele fica ainda mais ressecada e qualquer possibilidade de brilho some.

iStock
Imagem: iStock

Carnes ricas em gordura
Cortes como picanha e costela têm muita gordura e devem ser evitados por quem tem pele seca. Isso porque a gordura gera radicais livres, que levam a pele a parar de produzir colágeno. Existem duas alternativas aqui: tirar completamente a gordura para consumi-las ou optar por carnes mais magras, como lagarto e maminha.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube

Mais O poder dos alimentos