PUBLICIDADE
Topo

Griezmann não teme rejeição e diz que escolheu Barça para sair do conforto

Antoine Griezmann ao lado do presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu - LLuis Gene/AFP
Antoine Griezmann ao lado do presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu Imagem: LLuis Gene/AFP

Do UOL, em São Paulo

14/07/2019 15h29

Após realizar exames médicos, receber a camisa 17 e dar as tradicionais embaixadinhas, Antoine Griezmann dirigiu-se à sala de imprensa para conceder a sua primeira entrevista coletiva como jogador do Barcelona.

Aos jornalistas presentes, o novo atacante do Barça afirmou que não teme sofrer rejeição dos torcedores. Na temporada passada, ele protagonizou o documentário "The Decision", exibido pela TV espanhola, em que dizia não aos catalães e escolhia permanecer no Atlético de Madrid.

"Eu fiz algumas coisas ruins no meu passado e nunca me arrependi porque eram coisas que eu queria fazer na época. Eu quis mostrar o que não era visto. O mais importante é que agora estamos juntos. Se eu tiver que pedir desculpas, será em campo", afirmou o francês a respeito do filme.

Griezmann também afirmou que escolheu o Barcelona pelo desejo de sair da zona de conforto. Ele estava no Atlético desde 2014, onde conquistou uma Liga Europa, uma Supercopa da UEFA e uma Supercopa da Espanha. Além disso, ele chegou à final da Liga dos Campeões de 2016.

"É um novo desafio, tentar melhorar a mim mesmo. Quero buscar meu lugar em um grande clube e tentar ganhar os três títulos", disse Griezmann, referindo-se à disputa da Copa do Rei, do Campeonato Espanhol e da Liga dos Campeões.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado no segundo parágrafo desta matéria, Griezmann não teme rejeição da torcida do Barcelona. Antes, o trecho indicava que ele temia a rejeição. O erro foi corrigido.

Esporte