PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Números: Neymar foi 'apagado' na Colômbia, mas próximo de produção no PSG

Neymar desafia a marcação durante Colômbia x Brasil pelas Eliminatórias - Divulgação/Conmebol
Neymar desafia a marcação durante Colômbia x Brasil pelas Eliminatórias Imagem: Divulgação/Conmebol
Conteúdo exclusivo para assinantes
Perrone

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

11/10/2021 11h51

As estatísticas de Colômbia 0 x 0 Brasil, no último domingo (10), mostram como Neymar ficou longe de ser o protagonista da seleção, papel que se espera de quem é o mais relevante jogador do país em atividade.

Porém, os dados indicam que o desempenho do atacante em solo colombiano não foi muito diferente do que ele tem feito na atual temporada pelo PSG.

Segundo o site Sofascore, Neymar fez apenas uma finalização durante os 90 minutos em que atuou contra os colombianos e acertou o alvo.

Nesse ponto, ele foi melhor do que Gabriel Jesus e Gabigol. Ambos não finalizaram.

Por sua vez, Lucas Paquetá fez três arremates. Apenas um deles foi no alvo.

Apesar de ter jogado apenas 19 minutos, Antony empatou em finalizações com Neymar. O reserva também acertou sua única conclusão.

Já Raphinha fez o dobro de finalizações do que Neymar mesmo ficando em campo pouco menos de um terço do tempo de Neymar. Em 29 minutos, ele acertou uma finalização e errou outra.

Por mais impactante que seja ver Neymar fazer só uma finalização num jogo das eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, ele também tem média inferior a duas conclusões por partida na soma de duas competições disputadas pelo PSG na temporada.

Segundo o site WhoScored, levando-se em conta partidas do Campeonato Francês e da Champions League, a média de finalizações de Neymar nessa temporada é de 1,7 por jogo.

Seu índice médio de passes certos somadas as atuações nessas competições pelo clube parisiense é de 79,3%. A marca é próxima da apresentada pelo camisa 10 da Seleção Brasileira contra a Colômbia: 78%.

O desempenho de Neymar nos passes diante dos colombianos foi idêntico ao de Lucas Paquetá e superior ao de Gabriel Jesus (73%).

No entanto, Gabigol (85%), Antony (89%) e Raphinha (85%) foram mais eficientes do que ele nos passes.

Blog do Perrone