PUBLICIDADE

Topo

Chelsea doa premiação do Inglês feminino para combate a violência doméstica

10/06/2020 14h33

As jogadoras do time de futebol feminino do Chelsea vão doar o dinheiro recebido como premiação pelo título da liga inglesa a uma associação que ajuda vítimas de violência doméstica, anunciou hoje Emma Hayes, diretora da seção feminina do clube de Stamford Bridge.

O prêmio de 100.000 libras (cerca de R$ 630 mil) será concedido à associação "Shelter", uma organização de caridade que apoia mulheres e crianças vítimas de violência doméstica.

"Até agora, nosso compromisso era apoiar publicamente a campanha com um apelo à ação, mas todos queríamos fazer mais do que isso. Se a atitude de doar nossas premiações pelo título puder aliviar as preocupações e os problemas de algumas pessoas, então é o mínimo que poderíamos fazer", disse Emma Hayes.

Sandra Horley, CEO da associação, agradeceu a doação.

"Somos muito gratos ao Chelsea Women, não apenas por destacar o problema da violência doméstica, mas também por uma importante contribuição financeira. É um gesto incrível", disse ela.

Na semana passada o Chelsea foi declarado campeão da Superliga Feminina, o campeonato inglês de futebol feminino, que foi suspenso permanentemente após ser interrompido em março devido à pandemia de coronavírus.

A classificação final foi estabelecida a partir de uma proporção de pontos por jogo, o que levou o Chelsea, que era o segundo no momento da interrupção, a subir para o primeiro lugar em detrimento do Manchester City, sendo assim e proclamado campeão da temporada.