PUBLICIDADE
Topo

WhatsApp fora do ar: confira alternativas gratuitas ao mensageiro

Renata Baptista

De Tilt, em São Paulo

04/10/2021 15h00

O WhatsApp caiu globalmente nesta segunda-feira (4) e deixou todo mundo na mão.

Para não ficar sem comunicação, confira abaixo algumas opções alternativas ao aplicativo.

O maior concorrente do WhatsApp não poderia ficar de fora nessa lista. O Telegram possui algumas funções exclusivas, como compartilhamento de tela e vídeo-chamadas em grupo com transmissão, além dos seus famosos canais.

O Signal tem código aberto, ou seja, permite que o sistema de segurança seja testado por auditorias externas e independentes —algo elogiado por especialistas. Além disto, é totalmente criptografado. A empresa é uma organização sem fins lucrativos que não coleta nenhum dado de seu usuário. O funcionamento do app é mantido por doações.

Apesar de ter grande foco em chamadas de vídeo e áudio, o aplicativo é uma boa opção para conversar também por texto. Com a possibilidade de trocar mensagens individuais ou em grupo, o Skype conta com uma opção de "Reunir Agora" em seu site, para quem precisa fazer uma videochamada gratuita, sem a necessidade de instalar um aplicativo ou criar uma conta.

O app se parece com o Messenger, e disponibiliza figurinhas e efeitos especiais divertidos para vídeos. O aplicativo também inclui uma linha do tempo, para que você compartilhe momentos da sua vida com seus amigos.

Este aplicativo não requer que você tenha um número de telefone para utilizá-lo. Basta definir um nome de usuário e adicionar os seus contatos. Possui filtros que permitem decidir com quem falar e permite a formação de grupos com até 50 pessoas.

O Viber permite mensagens e chamadas — de voz e de vídeo — inclusive em grupo. Com criptografia de ponta a ponta, o mensageiro chama atenção pela privacidade e segurança. Possui ainda recursos que também marcam presença em outros apps, como as mensagens temporárias.

Chamadas por vídeo HD e em grupo são algumas fortes características do WeChat, que também funciona como uma rede social.