PUBLICIDADE
Topo

Chico Barney

Precisa mesmo reprisar a novela Império durante as Olimpíadas?

José Alfredo (Alexandre Nero) em Império (Reprodução/Globo) - Reprodução / Internet
José Alfredo (Alexandre Nero) em Império (Reprodução/Globo) Imagem: Reprodução / Internet
Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Colunista do UOL

03/08/2021 21h38

Nada contra a grande novela Império, escrita por Aguinaldo Silva e originalmente exibida em 2014, agora em reprise por conta das medidas de segurança que travaram novas produções durante a pandemia.

Mas perguntar não ofende: será que a Globo não tinha como aproveitar as emoções das Olimpíadas para rechear seu horário nobre com as atrações mais inéditas do momento?

A faixa ocupada pelo repeteco é justamente quando começam a esquentar as disputas lá no Japão. Vez ou outra, até rolou uma adequação da grade para privilegiar os esforços de atletas brasileiros, mas de maneira muito conservadora.

As tramoias para lá de familiares do glorioso Comendador poderiam ser resumidas em vídeos curtos ao longo da programação, ou por intermédio de um slide de PowerPoint, como a saudosa Brida da Manchete. Tudo em nome da devida imersão olímpica total e irrestrita —mesmo para quem não tem acesso aos canais pagos.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.