PUBLICIDADE
Topo

Ação publicitária usará tecnologia para tentar 'expulsar' chuva de blocos

Colaboração para o UOL

Em São Paulo

19/02/2020 16h57

A chuva pode ser um transtorno para quem curte os blocos de rua. Com o objetivo de evitar que os foliões se molhem, uma ação publicitária contratou uma empresa de tecnologia que usa método 100% natural para induzir a chuva no sistema Cantareira e evitar as trovoadas durante a passagem dos blocos em São Paulo.

A Skol está por trás dessa iniciativa, que será realizada em São Paulo entre os dias 21 e 26 de fevereiro.

A tecnologia empregada nesta ação já é praticada há pelo menos 12 anos pela empresa que realiza projetos para a Sabesp no Sistema Cantareira e em mais de 20 projetos para agricultura no Brasil e até mesmo no Gabão, na África.

Sendo 100% limpa, ela utiliza apenas água potável aplicada em forma de gotículas de diâmetro controlado. Dessa forma, "imita-se" o processo natural de crescimento vertical da nuvem e precipitação, provocando a chuva.

O avião lança no interior de nuvens cumulus, com correntes ascendentes, gotículas de tamanho controlado, promovendo mais colisões e aglutinações para formar então as gotas de chuva.

A ação é feita em nuvens de 1 a 6 km de diâmetro, que, após o período de 15 a 20 minutos de semeação, induz a chuva no local. O método é seguro e promove chuvas que contribuem para a recuperação de nascentes.

Blocos de Rua