PUBLICIDADE
Topo

Blocos de Rua

Preta Gil encerra a temporada de Carnaval arrastando 350 mil foliões

Preta Gil encerra o Carnaval de São Paulo - Gabriela Burdmann/UOL
Preta Gil encerra o Carnaval de São Paulo Imagem: Gabriela Burdmann/UOL

Marley Galvão

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/03/2020 15h21Atualizada em 01/03/2020 23h16

Mais do que um desfile de bloco, Preta Gil usa o Carnaval para pregar palavras de conscientização e, especialmente, para falar de amor. Do amor livre, em que cada um tem direito às próprias escolhas, independentemente dos padrões sociais estabelecidos pela sociedade.
E as palavras de ecoaram para mais de 350 mil foliões.

Para começar o show, que lotou a região do Ibirapuera neste domingo (1), a cantora citou o lema de seu bloco. "Aqui a gente respeita o próximo, aceita cada um do jeitinho que é. Aqui a gente pode amar quem a gente quiser, beijar na boca de quem a gente ama e de quem a gente não ama", disse, incendiando o público.

E a força do amor, como tanto fala a cantora, foi além do imaginado, antes mesmo de ela pisar em solo paulistano. Preta soube da história de um jovem casal de namorados que estavam vendendo bebidas no Carnaval e, junto com a marca patrocinadora de bebidas do evento, decidiu ajudar Jessica Cassimiro e Kurt Erbert. A história de amor rendeu casamento em cima do trio elétrico. E com Preta celebrando.

Mas além de casório de anônimos, teve anúncio de casamento em breve. O ator e cantor Tiago Abravanel anunciou no bloco que vai casar em outubro próximo com Fernando Polim, o produtor cultural com quem vive há cinco anos.

E a festa era para todos mesmo. Ao longo do percurso, ainda que com uma garoa que não cessava, Preta dividiu o microfone com vários convidados, entre eles, MC Rebeca e o próprio Tiago Abravanel. Mas o ápice foi quando Flor, sobrinha de 11 anos da cantora, filha de Bela Gil, cantou com a tia. Uma demonstração de carinho dada ao público, que vibrou com o momento família.

Teve também, claro, um forte posicionamento sobre várias questões sérias. Este ano, ela escolheu homenagear o universo feminino e trouxe como tema para seus desfiles as "Mulheres que inspiram".

Com sua característica marcante, a da mistura de ritmos musicais, Preta, cantou sucessos de várias épocas, acompanhada pela bateria Black Power.

Ao lado de Tiago Abravanel, de MC Rebecca, de Pepita, Matheus Carilho, Fernanda Paes Leme, Thaynara Og, Silvero Pereira e Gominho, Preta comemorou o sucesso do Carnaval deste ano. Em São Paulo foi seu terceiro e último desfile do Bloco: no dia 16 ela abriu a temporada dos megablocos no Rio de Janeiro, cidade onde seu trio nasceu e já desfila há 11 carnavais, depois foi para Salvador pela quarta vez no circuito Barra-Ondina.

No final, por volta das 18h, Preta agradeceu o público que brincou sem confusões e debaixo de chuva. "Foi lindo estar aqui de novo. E vamos trazer Ivete [Sangalo] pra São Paulo?"..

Errata: o texto foi atualizado

Blocos de Rua