Topo

Alto Astral


Veja como o ascendente dos virginianos pode afetar sua vida

Getty Images
Imagem: Getty Images

Claudia Dias

Colaboração para Universa

27/08/2019 04h00

Às 4h51 de 23 de agosto, o sol entra em Virgem, signo regido pelo planeta Mercúrio. Sua energia traz inteligência, memória, senso prático e uma necessidade de ser meticuloso e atento aos detalhes.

Virgem carrega a força da natureza tolerante, prestativa, funcional e curativa. Entretanto, quem nasce entre 23 de agosto e 22 de setembro pode ser influenciado e apresentar características bem peculiares, de acordo com o ascendente. É o que mostram os astrólogos Brendan Orin e Serena Salgado, especialistas do Astrocentro. Confira o que esperar para este mês.

Virgem com ascendente em Áries

Virgem tem necessidade de criar métodos para suas ações. Quando Áries entra em cena, surge a vontade de ir em frente, sem tantas paradas, análises e medos, o que provoca certo conflito interno.

O ascendente ariano agiliza a força virginiana, trazendo maior presteza, ousadia e deixando a comunicação mais objetiva. Para setembro, o nativo pode esperar uma dose extra de energia, pois Marte (regente de Áries) entrará em conjunção com Mercúrio (Virgem), trazendo garra, vigor e dinamismo. Há o risco de esse clima de força provocar estresse e brigas desnecessárias. Mas é um ótimo momento para colocar planos em prática.

Virgem com ascendente em Touro

Tanto Virgem quanto Touro têm ligação com o elemento Terra, o que resulta na necessidade de muito conforto e segurança. Além disso, a união da mente ágil virginiana e da força taurina faz o nativo agir de forma mais objetiva, sem se perder em detalhes. Ao longo do tempo, o ascendente traz mais paciência ao signo de mente acelerada, bem como sabedoria para viver o momento presente.

Em setembro, o ascendente fará com que o nativo receba influências de Vênus. Seu trígono recente com Saturno vai significar bom momento para acertar as finanças -- fase deliciosa para todo virginiano. Apenas cuidado: um aspecto tenso entre Vênus e Júpiter pode provocar sensação de grandeza, gerando gastos desnecessários.

Virgem com ascendente em Gêmeos

O virginiano que tem o ascendente em Gêmeos é duplamente regido por Mercúrio, o que significa mais agilidade para a vida, além de menos descontração e foco. Isso traz alguns tormentos ao nativo, que não pode liberar totalmente a natureza fluídica quando o ascendente começar a prevalecer, por volta dos 28 anos.

Logo no começo do mês, uma conjunção de Mercúrio com o Sol vai intensificar todas as potencialidades dos signos regidos por esse planeta. Vale apostar na capacidade de comunicação para conquistar o sucesso no ambiente de trabalho. As palavras terão um poder ainda maior de convencimento.

Virgem com ascendente em Câncer

Virgem tem muita dificuldade para confiar em si e em seus talentos e Câncer deve transformar esse pensamento em emoções mais densas, acionando um sistema de autoproteção. Como o ascendente é um signo cardinal, ou seja, de liderança, o nativo consegue avançar mais em seus objetivos, na melhor junção da persistência canceriana com a inteligência aguçada e metódica virginiana.

Como a Lua rege Câncer, a capacidade do nativo se adaptar é forte, o que ajuda a passar pelos diversos altos e baixos do mês. Uma vontade incrível de resolver problemas surgirá no meio do período. A sugestão é escolher bem os objetivos, pois um aspecto tenso entre o Sol e Júpiter pode fazer com que se tente fazer tudo, sem finalizar nada.

Dica: aproveite a lua crescente no signo de Libra para tratar as relações amorosas.

Virgem com ascendente em Leão

A mistura pode contribuir para a autoestima virginiana, que não é muito ativa, trazendo a inteligência do nativo para um lado mais criativo e empreendedor. Leão tende a deixar Virgem mais carismático, fazendo-o brilhar com maior intensidade. Também deve trazer mais ambições e ajudar o signo a dar mais risadas, sobretudo depois dos 28 anos, deixando posturas rígidas e tímidas de lado.

Logo no começo do mês, a conjunção do Sol (regente do leonino) e Mercúrio (do virginiano) vai trazer um brilho especial para o nativo, que deve aproveitar os dias ensolarados para caprichar na beleza. A autoestima elevada é a chave para a conquista de todos os objetivos de Virgem.

Virgem com ascendente em Virgem

Sempre que o ascendente é o próprio signo, temos uma força dupla da energia em ação. Aqui, a necessidade de Virgem em ser metódico, disciplinado e organizado fica muito forte, levando o nativo a construir sua vida em bases sólidas e seguras todo o tempo.

Por outro lado, tende a ser difícil ter a mente tranquila, enchendo-se de dúvida a cada passo, pelo excesso de pensamentos. A influência de Mercúrio é muito poderosa e, neste mês, vai ocorrer o oposto: Sol e Marte em conjunção com Mercúrio vão trazer energia de sucesso e vitória, mas influências de Júpiter, Netuno e Saturno virão na contramão dessa maré de sorte, exigindo ações com bastante cautela.

Parte boa: a capacidade analítica do virginiano é suficiente para desviar de todos os obstáculos que podem surgir no caminho. É um bom mês para avaliar relacionamentos, colocando na balança aquilo que deve permanecer.

Virgem com ascendente em Libra

O signo de Virgem costuma ser bem sensorial e gostar de afagos e toques. Porém, por ser bem analítico, crítico e exigente, blinda seu lado afetivo e amoroso com a força de Libra. A combinação também une a destreza, a agilidade e o perfeccionismo virginianos com o lado artístico e talentoso libriano.

É possível que o nativo se torne mais indolente ou tenha muita dificuldade de escolhas, pois o signo da balança gosta de ponderar. Mercúrio atravessará o signo de Libra em setembro, o que vai favorecer todos os acordos, negociações e até avanços comerciais. Também haverá uma aproximação de Mercúrio e Vênus no céu, aumentando o poder de sedução através do bom papo.

Virgem com ascendente em Escorpião

Quando Escorpião entra em cena, a força deste signo do elemento Água aprofunda a natureza virginiana, tornando-a muito mais interiorizada. O nativo mergulha em tudo o que vive, com mais estudos, autoconhecimento e uma capacidade de percepção um tanto aguçada. O risco é Virgem ficar desconfiado demais, escondido e antissocial.

Para setembro, Vênus e Plutão, planeta do escorpiano, vão dar aquela força extra para resolver situações do passado, como dívidas que precisam ser renegociadas ou problemas de família até então ignorados.

Um aspecto positivo entre Mercúrio e Plutão vai ajudar na finalização de processos acadêmicos, fortalecendo a capacidade intelectual. O nativo receberá uma energia essencial para a resolução de problemas no trabalho.

Virgem com ascendente em Sagitário

Com Sagitário, a energia do elemento fogo expande após os 28 anos, trazendo mais agilidade e otimismo para Virgem, que é um signo naturalmente racional e focado em controles e detalhes. É a combinação da inteligência e da habilidade minuciosa virginianas com a energia da luz da consciência sagitariana, provocando aspectos de coragem e aventura, de ânimo e entusiasmo.

É bem possível que Virgem expanda seus horizontes de vida para muito além do que pensava poder. Júpiter é o regente de Sagitário e uma quadratura -- posição de dois astros em relação à Terra quando as direções formam um ângulo reto -- com Netuno pode fazer com que o nativo tenha um mês um tanto quanto sonhador, a ponto de se perder em ideias.

As energias de Mercúrio ativas neste período são boas para se tomar iniciativa. Júpiter em um aspecto com Vênus também pode levar a gastos exagerados.

Virgem com ascendente em Capricórnio

A princípio, a combinação pode adiar a chegada da maturidade. Mas as responsabilidades vão aparecer e Virgem terá que aceitar que existem questões práticas na vida que precisam ser resolvidas.

A partir daí, a destreza e a inteligência virginianas vão se unir à disciplina e às regras de Capricórnio. Esse mix tende a trazer muita estabilidade e segurança para o nativo, que vai manifestar um lado criativo e ágil, com organização. Sol e Saturno vão promover um período de clareza logo no começo do mês, favorecendo a tomada de decisões e a praticidade. O virginiano deve passar por dias de muita resolução e atividade.

A dica é aproveitar o agora e não deixar nada para o dia seguinte, pois tal energia é passageira.

Virgem com ascendente em Aquário

Ambos os signos são inteligentes e curiosos, gostam de ler e estudar e ampliar a mente com mais consciência e conhecimentos. Entretanto, Virgem é regido por Terra, o que o faz querer tudo sob controle, enquanto Aquário, do Ar, não gosta de disciplinas rígidas, regras e manuais, valorizando muito liberdade.

Essa combinação pode fazer o virginiano apreciar a vida mais abertamente, a descontrair e a enxergar mais longe, sem tantas aparas ou timidez. A influência aquariana vai ampliar a visão, ajudar o nativo a criar asas e a ser mais social e solidário.

Neste mês, vale aproveitar a movimentação dos astros para colocar estudos em ordem. Saturno trará a oportunidade de transformar em realidade coisas que há muito vêm sendo planejadas, especialmente no âmbito intelectual. É importante manter o pensamento em ordem para não falar coisas das quais pode se arrepender.

Virgem com ascendente em Peixes

É a mistura de signos opostos, o que pode significar conflitos. Virgem quer ordem, detalhes, lógica e análises de tudo o que vive ou experimenta. Já Peixes quer sonhar, ser lúdico, viver sem amarras ou controles, dando mais importância ao que sente do que ao que pensa.

Se o nativo se abrir mais para a espiritualidade e autoconhecimento, deixando sua natureza fluir sem tanto controle, conseguirá ir mais longe, vivendo de um jeito mais sagrado, profundo e libertador. Para setembro, um aspecto tenso entre Netuno (regente de Peixes) e Júpiter vai aguçar a intuição, atrapalhando um pouco as atividades diárias. A tomada de decisões será difícil, então vale esperar o momento de introspecção passar antes de atitudes práticas. Uma oposição entre o regente Mercúrio e Netuno aumentará a falta de foco.

Dica: ficar atento ao movimento das pessoas ao redor para não ser passado para trás.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Alto Astral