Topo

Valentim admite conversa com o Bota, mas ainda comandará Avaí contra Vasco

Alberto Valentim deve se despedir do Avaí no jogo de amanhã, contra o Vasco - André Palma Ribeiro/Avaí F. C.
Alberto Valentim deve se despedir do Avaí no jogo de amanhã, contra o Vasco Imagem: André Palma Ribeiro/Avaí F. C.

Do UOL, em Santos (SP)

09/10/2019 17h57

Resumo da notícia

  • Alberto Valentim tem acordo encaminhado para voltar ao Botafogo
  • Técnico do Avaí deu coletiva e admitiu que conversa com o clube carioca
  • Avaí enfrenta o Vasco na noite de amanhã, no estádio da Ressacada
  • Jogo deve marcar a despedida de Valentim do comando do Avaí

A volta de Alberto Valentim ao Botafogo está próxima. Na tarde de hoje (9), o próprio técnico admitiu as conversas com o clube carioca e a possibilidade de deixar o Avaí. Ainda assim, ele afirmou que vai para o banco de reservas no jogo de amanhã (10), contra o Vasco, na Ressacada, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em entrevista coletiva, Alberto Valentim elogiou a postura de Anderson Barros, gerente de futebol do Botafogo, que, segundo ele, procurou o Avaí antes de iniciar as negociações com ele.

"Todo mundo sabe e já saiu até do presidente Francisco Battistotti sobre o interesse do Botafogo para a minha volta ao clube. Estive no Rio de Janeiro, ontem, para resolver problemas particulares e coincidiu com a conversa entre o Anderson Barros e o nosso presidente [Francisco José Battistotti]. Ele fez uma coisa ética, que foi avisar o presidente sobre a intenção de contar comigo", disse o treinador, que é esperado na sexta-feira (11) para fechar com o Botafogo.

Alberto Valentim não negou a possibilidade de deixar o comando do Avaí, mas garantiu que isso não influenciará na preparação para o jogo diante do Vasco.

"Meu desejo é fazer um bom trabalho para vencer o jogo de amanhã, pois precisamos muito dessa vitória. A possibilidade [de sair] existe e com qualquer treinador. Eu vou viver o jogo de maneira normal, como já foi outras vezes. Bem como pode ter a possibilidade de o treinador ser demitido se não vencer os jogos. Foco total no Vasco", acrescentou.

Segundo apurou o UOL Esporte, a multa rescisória para Alberto Valentim deixar o Avaí não é mais problema. O clube catarinense receberá os cerca de R$ 200 mil, e o Botafogo assinará com Alberto Valentim até o fim de 2020.