PUBLICIDADE
Topo

Desligar câmera durante reuniões online reduz em 96% as emissões de CO2

Manter a câmera desligada em videoconferências pode ajudar a salvar o planeta - Purdue University/ rawpixel.com
Manter a câmera desligada em videoconferências pode ajudar a salvar o planeta Imagem: Purdue University/ rawpixel.com

Lígia Nogueira

Colaboração para Ecoa, em São Paulo

10/02/2021 11h25

Eis um motivo nobre para fechar a câmera de uma vez por todas nas reuniões online: um estudo recente divulgado pela Purdue University, em West Lafayette, Indiana, revela que deixar a câmera desligada durante uma videoconferência pode reduzir significativamente as pegadas ambientais.

Além de esconder a bagunça em tempos de home office, a atitude pode ajudar a salvar o planeta. Isso porque, apesar da queda nas emissões globais de carbono em 2020, o trabalho remoto e o entretenimento em casa ainda têm um impacto ambiental significativo devido à forma como os dados da internet são armazenados e transferidos ao redor do mundo.

Segundo o estudo, conduzido por pesquisadores da Purdue University, Yale University e do Massachusetts Institute of Technology, uma hora de videoconferência ou streaming, por exemplo, emite 150-1.000 gramas de dióxido de carbono e requer 2-12 litros de água. A título de comparação, um carro emite cerca de 8.887 gramas de CO2 ao consumir menos de quatro litros de gasolina.

Deixar a câmera desligada durante uma chamada pela web pode reduzir essas pegadas em 96%.

Optar pelo streaming de conteúdo em definição padrão, em vez de alta definição, em aplicativos como Netflix, por exemplo, pode trazer uma redução de 86% nas emissões de CO2.

O estudo é o primeiro a analisar as pegadas hídricas e terrestres associadas à infraestrutura da internet, além das pegadas de carbono. Os resultados foram publicados na revista "Resources, Conservation & Recycling".

Quanto mais vídeo, maior a pegada

A equipe estimou as pegadas de carbono, água e terra associadas a cada gigabyte de dados usados no YouTube, Zoom, Facebook, Instagram, Twitter, TikTok e outras 12 plataformas, bem como em jogos online e navegação variada na web. Quanto mais vídeo for usado em um aplicativo, maiores serão as pegadas.

Como o processamento de dados usa muita eletricidade e qualquer produção de eletricidade tem pegadas de carbono, água e terra, reduzir o download de dados diminui os danos ambientais.