PUBLICIDADE
Topo

Bloco de Michel Teló, Bem Sertanejo arrasta 1 milhão em São Paulo

Marley Galvão

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/02/2020 15h20

No segundo dia de Carnaval, o bloco Bem Sertanejo, do cantor Michel Teló, sai com uma multidão na região do Parque Ibirapuera, em São Paulo, e aposta na inclusão ao trazer uma equipe de intérpretes de libras durante a apresentação. "A ideia é que todo mundo possa participar dessa grande alegria", disse Teló ao UOL.

Ana Víctoria Dauer, 18, é surda desde que nasceu. Ela aprovou a iniciativa do bloco com a linguagem de sinais. "Fiquei sabendo ontem. Mas é muito difícil chegar aqui", disse Bianca, mãe de Victória, que, em libra, disse que estava adorando ter alguém pra ajudá-la a entender as letras que o Michel Teló cantava.

No trio elétrico, ao lado de Teló, a mulher dele, Thais Fersoza, posou para fotos antes de o trio seguir o trajeto. "É muito emocionante ver essa multidão gritando o nome dele", disse a atriz.

Telo também falou: "Aqui é para quem gosta de alegria, não só de sertanejo. É uma emoção muito grande estar de volta com o bloco no Carnaval de São Paulo ", disse ele antes de começar a cantar.

Sob o céu nublado, Teló cantou clássicos do sertanejo e foliões fazem coro. "Fio de Cabelo" é uma das músicas que os milhares de foliões cantaram juntos. Teló, com seu bom humor característico, não parou de brincar.

"Vamos ver qual lado canta mais forte", levando a multidão à disputa em ritmo de festa. Depois, foi a vez de hits recentes, como "Casal Modão", que também tirou a multidão do chão. Em seguida, Teló cantou "Ai se eu te pego": "Esta é a música que mudou a minha vida", disse.

Segundo a organização do bloco, Teló fez mais de 1 milhão de pessoas cantarem seus sucessos na tarde de hoje.A região do Parque Ibirapuera teve todas ruas tomadas por foliões, de crianças a idosos. Apesar do tempo carrancudo, a animação não diminuiu e o clima de tranquilidade garantiu que muitas famílias curtissem o bloco sertanejo.

Segurança

O bloco também aposta na segurança reforçada. Em todas as ruas de acesso o bloco há revista dos foliões. Dentro da corda, muitos seguranças. A presença policial, assim como na região central da capital e nos blocos de rua, é ínfima diante da multidão.

De funk à Xuxa

Michel Teló cantou de axé, pop, funk até músicas da Xuxa, além de clássicos do gênero sertanejo como "Evidências", de Chitãozinho e Xororó.

Empolgado com a harmonia do público, o cantor desceu até a multidão e tocou sanfona, para alegria dos foliões

Quem também não se conteve foi sua mulher Thais Fersoza, que cantou o hit "Tudo ok" e reforçou o refrão ao lado do marido "É hoje que ele paga todo o mal que ele te fez".

Teló finalizou cantando seu grande hit "Ai se eu te pego" e agradeceu ao público. "Com esta música eu viajei o mundo e vi ser cantada em vários idiomas. Obrigada a todos vocês por virem aqui tornar este o maior Carnaval do mundo", finalizou pontualmente às 18h30.

Teló e Sua mulher saíram do bloco em um forte esquema de segurança, com equipe da GCM (Guarda Civil Metropolitana) e seguranças particulares conduzindo um veículo que teve acesso ao trio.

Cãezinhos entram no clima de folia com fantasias divertidas

Band Entretenimento

Blocos de Rua