PUBLICIDADE

Topo

Mulheres inspiradoras

As mulheres mais poderosas do mundo contam como Ruth Ginsburg as inspirou

Ruth Bader Ginsburg posa para foto oficial na Supreme Court in Washington, DC - MANDEL NGAN - 30.nov.2018/AFP
Ruth Bader Ginsburg posa para foto oficial na Supreme Court in Washington, DC Imagem: MANDEL NGAN - 30.nov.2018/AFP

De Universa

20/09/2020 12h37

A revista Forbes reuniu 17 mulheres líderes de todos os setores para prestar uma homenagem a Ruth Bader Ginsburg, segunda mulher a se tornar magistrada na mais alta Corte americana e que faleceu na sexta-feira, aos 87 anos, após uma longa batalha contra um câncer no pâncreas. Ela se tornou uma referência política por defender os direitos das mulheres, negros e LGBTs desde que mulheres ainda eram malvistas nas universidades, nos anos 1950.

Com a notícia de sua morte, a publicação pediu que mulheres poderosas, que a sua maneira quebraram barreiras, refletissem sobre como RBG influenciou suas carreiras e as inspirou a criar oportunidades para outras pessoas, como ela fez.

Sheryl Sandberg, chefe operacional do Facebook

"Quando Ruth Bader Ginsburg se formou na Columbia Law School em 1959, ela era a primeira da classe, e não conseguia achar um emprego. Então ela fez o que as mulheres brilhantes e ambiciosas sempre fazem quando as portas do poder batem em seus rostos: ela encontrou outra maneira. Ela construiu uma carreira que mudou o mundo lutando pela igualdade das mulheres, caso a caso, desmontando a discriminação sistêmica de gênero, peça por peça. Em seguida, ela se tornou juíza da Suprema Corte e defendeu direitos e oportunidades iguais para todos. Ela era uma gigante de 1,5m. Não sei como minha vida ou a vida das minhas filhas seria se não fosse por ela."

Indra Nooyi, ex-presidente e CEO da PepsiCo

Mulheres não devem ficar em pedestais, numa posição secundária ou atrás das realizações dos outros. Eles pertencem ao ringue, para lutar. Ruth Bader Ginsburg dedicou o trabalho de sua vida a essa crença, e gerações de mulheres do passado, do presente e do futuro estão mais fortes por causa disso. Perdemos uma heroína genuína e não devemos ignorar o quanto dói. Mas, enquanto choramos, também devemos ter certeza de que nossas luvas estão prontas, para que possamos colocá-las de volta e lutar para manter seu legado vivo.

Tory Burch, Presidente Executiva e Diretora de Criação da marca de moda Tory Burch LLC

Justice Ginsburg foi uma heroína americana e um ícone em todo o mundo, para todos nós que somos comprometidos com os direitos iguais. Ela pavimentou o caminho para gerações de mulheres, oportunidades com as quais nossas mães só podiam sonhar e se tornaram reais para muitas. E ela foi um farol de esperança —sua coragem feroz e compromisso inabalável com a justiça nos inspiram a abraçar nossa ambição e nunca desistir. Ela usou seu poder para erguer as mulheres e nunca as deixou cair.

Julie Sweet, CEO, Accenture

Quando eu era estudante de direito do segundo ano em Columbia, estava na rodada final de uma competição de uma simulação de uma corte, e ela julgou a rodada. Foi um privilégio incrível conhecê-la e tão inspirador ver como ela conquistou o respeito e a admiração de todos. Isso reforçou que eu não poderia permitir que nenhuma barreira me impedisse de alcançar o melhor que poderia ser. Observar sua defesa incansável e persistente pelas mulheres, pela igualdade e por nossa responsabilidade de ajudar os outros foi uma inspiração para toda a carreira. A propósito, perdi nas finais —e isso também me inspirou— para trabalhar ainda mais duro, para poder atingir seus padrões.

Roz Brewer, presidente de grupo e chefe operacional, Starbucks Coffee Company

Quando confrontado com difíceis decisões sociais ou éticas, muitas vezes me pergunto: "O que uma líder como Ruth faria?" A juiza Ginsburg foi minha heroína. Ela era aquela voz na minha cabeça, me lembrando de ser objetiva, de conhecer os fatos e liderar com coragem. Embora possa me sentir sem leme, sem ela naquele assento, estou optando por ser uma lutadora. Ruth gostaria que eu defendesse minha posição, representasse os carentes e o fizesse com equilíbrio. E eu vou. Para mim e para as gerações futuras. Perdemos uma pioneira.

Mary Barra, Presidente e CEO, General Motors Company

Eu me uno à nação no luto pela morte da juíza Ginsburg. Ela foi uma pioneira incrível, que lutou até o fim. Ela nos mostrou que todas as mulheres pertencem a qualquer área. Minhas condolências vão para a família dela —continuaremos seu trabalho pela igualdade e justiça para todos.

Susan Wojcicki, CEO, YouTube

Juíza Ruth Bader Ginsburg, obrigada por seu legado. Você inspirou gerações de mulheres, incluindo a minha, das minhas irmãs e minhas filhas. Obrigada por liderar o caminho e mostrar a todas nós que podemos trabalhar juntas para defender a justiça.

Sara Blakely, fundadora e CEO, SPANX

O legado de Ruth Bader Ginsburg viverá nas conquistas de todas as mulheres que, por causa de seu trabalho, tiveram a oportunidade de realizar seus sonhos e seu maior potencial. Seu impacto continuará vivo nessas mulheres e nas filhas de suas filhas, e deve ser celebrado e protegido para sempre.

Mary Callahan Erdoes, CEO, JPMorgan Chase Asset & Wealth Management

Ruth Bader Ginsburg foi uma pioneira que quebrou barreiras com seu intelecto, determinação, paixão e prosa. Ela deu voz a muitos na sociedade que muitas vezes estão sub-representados. Ela me inspira como líder a fazer o mesmo —ouvindo, perguntando por que e por que não e sendo intencional. Minhas três filhas terão mais oportunidades neste mundo por causa de sua resiliência, confiança e coragem. Para a "Notória RBG" —obrigada por tudo que você fez nas gerações vindouras. Somos eternamente gratas.

Adena Friedman, presidente e CEO, Nasdaq

Ruth Bader Ginsburg dedicou sua vida a ser uma defensora da igualdade. Sua carreira pavimentou o caminho para inúmeras mulheres expandirem suas ambições profissionais, e suas ações como uma pioneira na Suprema Corte de Justiça abriram novas portas para muitas, ao mesmo tempo em que fortalecia as proteções sociais para milhões de mulheres e grupos sub-representados. Em minha carreira, me beneficiei das ações da juíza Ginsburg para garantir que as mulheres tivessem oportunidades iguais no local de trabalho e, como resultado, carreguei comigo a convicção de que poderia atingir os níveis mais altos em minha área. Por causa de sua força e coragem, a juíza Ginsburg deixa um legado que beneficiará nosso país nas próximas décadas.

Meg Whitman, CEO, Quibi

Ruth Bader Ginsberg foi uma icônica juíza da Suprema Corte e mulher de propósito, cuja incrível gestão mudou para sempre a forma como vemos a mais alta Corte do país. Ela abriu um novo caminho quando não havia nenhum, triunfou diante da adversidade e defendeu incansavelmente que todas as vozes fossem ouvidas. Sua capacidade de se elevar e perseverar com graça incomum continuará a inspirar a todos nós.

Diane von Furstenberg, fundadora e presidente, DVF

Há apenas seis meses, na Biblioteca do Congresso, homenageamos RBG com o prêmio Lifetime DVF. Que honra e privilégio conhecer esta mulher extraordinária. Teve força, dignidade, empatia, humor e lutou por justiça e igualdade. Ela é um modelo para todas as mulheres e para a humanidade em geral.

Ginni Rometty, presidente executivo, IBM

Ruth Bader Ginsburg fez mais do que lutar pela igualdade de direitos para as mulheres. Com sua autoconfiança sem remorso e corajosas escolhas de carreira, ela demonstrou por que as mulheres merecem liderar. Ela continuará a ser uma fonte de inspiração para as gerações futuras.

Beth Ford, presidente e CEO, Land O 'Lakes, Inc.

Ruth Bader Ginsburg mudou a vida de muitos, trabalhando dentro, fora e em torno dos preconceitos. Seu impacto duradouro, especialmente para as mulheres, a comunidade gay e os sub-representados, será celebrado e sentido por nossos filhos por todos os dias de hoje.

Donna Langley, presidente, Universal Filmed Entertainment Group

Através de sua perspicácia, tenacidade e sagacidade, Ruth Bader Ginsburg foi uma guerreira graciosa que personificou os próprios direitos humanos e civis pelos quais ela usou seu poder para lutar. Ela viveu uma vida histórica e linda e, como líder feminina, sempre serei grata por ter tido um modelo tão inspirador para aprender e tirar força.

Kirsten Green, fundadora e sócia gerente, Forerunner Ventures

Não há palavras suficientes, nem adequadas para honrar a força inflexível de Ruth Bader Ginsburg. A sua vida, a sua persistência, o seu propósito deram a tantas mulheres a coragem de construir um caminho de razão e de desígnio pessoal. Ela trabalhou incansavelmente para construir um mundo que favoreça o grande pensamento, ideias aprimoradas e lutou pelas mulheres em um mundo governado por homens. RBG é uma heroína para muitos, para mim inclusive, e minha esperança é que as gerações futuras dêem ouvidos a seu exemplo, internalizando que tudo é possível e, mais importante, que as mulheres ... todos são importantes.

Reshma Saujani, fundadora e CEO, Girls Who Code

A juíza Ruth Bader Ginsburg lutou tanto por todos nós, por mais anos de que precisava. Sua força nos guiou nas grandes lutas por equidade e justiça, e nas pequenas também ("em todo bom casamento, às vezes ajuda ser um pouco surdo" —eu uso isso todos os dias). Por enquanto, nós sofremos. E então, nós lutamos. Não a decepcionaremos, juíza Ginsburg.

Mulheres inspiradoras