PUBLICIDADE
Topo

Julio Gomes

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Ranking da Década: Inter foi o clube brasileiro número 1 dos anos 2000

D"Alessandro levanta a taça de campeão da Libertadores pelo Inter - Hedeson Alves/UOL
D'Alessandro levanta a taça de campeão da Libertadores pelo Inter Imagem: Hedeson Alves/UOL
Julio Gomes

Julio Gomes é jornalista esportivo desde que nasceu. Mas ganha para isso desde 1998, quando começou a carreira no UOL, onde foi editor de Esporte e trabalhou até 2003. Viveu por mais de 5 anos na Europa - a maior parte do tempo em Madrid, mas também em Londres, Paris e Lisboa. Neste período, estudou, foi correspondente da TV e Rádio Bandeirantes e comentarista do Canal+ espanhol, entre outras publicações europeias. Após a volta para a terrinha natal, foi editor-chefe de mídias digitais e comentarista da ESPN e também editor-chefe da BBC Brasil. Já cobriu cinco Copas do Mundo e, desde 2013, está de volta à primeira das casas.

21/03/2021 04h00

Com o fim da década de 10 (de 2011 a 2020), me animei a fazer um ranking dos clubes brasileiros mais vitoriosos do período. O Corinthians acabou na primeira posição, seguido de Flamengo e Palmeiras (clique aqui para ver). Gostei da brincadeira! E a partir deste domingo serão publicados os rankings de cada década do futebol brasileiro. Assim, podemos ver quais foram as grandes forças destes recortes de tempo.

É claro que recortes são recortes e precisamos conviver com isso. Um clube pode ser, por exemplo, o mais forte do meio de uma década até o meio da outra, em um período também de 10 temporadas. Ele certamente aparecerá entre os melhores de uma e entre os melhores de outra, mas pode não ter reconhecida a posição de número um de parte deste período, pois o recorte não é "amigável". Exemplo: o Palmeiras foi, sem dúvida, o número um do país entre 1966 e 1975. Mas ele não é o número um dos anos 60 (é o Santos) e talvez não seja dos anos 70.

Dito isso, falemos da primeira década deste século 21. A década de 00, ou seja, dos anos 2000, período que vai de 2001 até 2010. Dois clubes foram os claros vencedores da década: Internacional e São Paulo.

O Inter, bicampeão da Libertadores e campeão mundial. E o São Paulo, tri-brasileiro, também campeão da América e do mundo. Importante notar que os títulos de São Paulo e Inter vieram em um contexto diferente do que eram as Intercontinentais do século anterior. Antes, os times da América do Sul eram tão bons quanto (ou melhores) que os europeus. Já neste século, com o futebol global, abriu-se o abismo que vivemos até hoje.

Apesar de não ter sido campeão de uma competição nacional na década (bateu na trave no infame Brasileirão de 2005), coloquei o Inter na primeira colocação da década por uma razão essencialmente: a Libertadores a mais que o Inter tem foi conquistada justamente em cima do São Paulo. Ou seja, os dois se enfrentaram na maior final que poderiam fazer e quem ganhou foi o Colorado. Se o Inter tem duas e o São Paulo, uma, é porque um ganhou do outro. Medida melhor não há.

Um outro fator é que o Barcelona de 2006, derrotado pelo Inter no Mundial, era, de fato, o melhor da Europa (ao contrário do Liverpool de 2005, batido pelo São Paulo, que não constava no primeiro patamar europeu).

(Adendo pós-publicação: o Inter passou pelo São Paulo também na campanha do título de 2010, na semifinal da Libertadores - foram, portanto, dois confrontos diretos. No entanto, também em 2010 o Inter foi o primeiro clube brasileiro a dar vexame no Mundial da Fifa, sendo eliminado pelo Mazembe).

Foi uma década marcante para o futebol brasileiro, pois houve a transição para os pontos corridos. No início da década, estavam sendo disputados torneios regionais, que foram ganhando espaço em detrimento dos estaduais (e depois sumiram). Durante toda a década, a Copa do Brasil foi mais fraca do que era antes e do que é hoje, pois foi disputada sem a presença dos clubes que estavam na Libertadores.

Tivemos, neste contexto, os títulos improváveis de Santo André (em cima do Flamengo), Paulista (em cima do Fluminense) e Sport (em cima do Corinthians), além dos vices de Brasiliense, Figueirense e Vitória.

A Libertadores inchou, então faço questão de ressaltar que as 18 primeiras posições no ranking são ocupadas pelos 18 clubes que conseguiram vaga na competição continental - uma demonstração de regularidade e força ao longo do ano. No início da década existiu a tal Copa dos Campeões, que era uma seletiva envolvendo campeões regionais.

Com mais clubes presentes, aumentou a participação de brasileiros nas finais. São Caetano, Santos (que renasceu nesta década), Grêmio, Fluminense, Cruzeiro e Athletico-PR foram vice-campeões da América e isso é levado em conta na formatação do ranking - este último perdeu para o São Paulo em uma das duas finais envolvendo clubes brasileiros, a outra foi a já citada vitória do Inter sobre o clube paulista.

Foi também a década em que grandes começaram a cair para - e, de fato, jogar - a segunda divisão, sem tapetão. E isso, logicamente, vale ponto negativo. Palmeiras, Botafogo, Atlético-MG, Corinthians e Vasco foram rebaixados pela primeira vez, o Grêmio pela segunda. Foi uma década especialmente ruim para os dois cariocas e o Galo, que ganharam um Estadual aqui e ali, mas viram os rivais ganhar muito mais e sequer conseguiram jogar a Libertadores no período.

Ao final da década, sobreviviam apenas cinco clubes que nunca haviam passado pela humilhação do rebaixamento - Flamengo, São Paulo, Santos, Cruzeiro e Inter (hoje, são só três).

Em itálico, abaixo, estão os títulos de menor relevância em relação aos outros. Como esta foi uma década muito pulverizada, coloquei alguns argumentos ao longo da lista abaixo. Dito tudo isso, aqui vai o...

RANKING DE CLUBES BRASILEIROS NA DÉCADA DE 2000:

#1 Internacional
1 - Mundial (2006)
2 - Copas Libertadores (2006 e 2010)
1 - Copa Sul-Americana (2008)
1 - Recopa Sul-Americana (2007)
1 - Copa Suruga (2009)
6 - Gaúchos (2002, 2003, 2004, 2005, 2008 e 2009)

** classificações para Libertadores: 4

#2 São Paulo
1 - Mundial (2005)
1 - Copa Libertadores (2005)
3 - Campeonatos Brasileiros (2006, 2007 e 2008)
1 - Torneio Rio-São Paulo (2001)
1 - Paulista (2005)
1 - Vice Libertadores (2006)

** classificações para Libertadores: 7

#3 Santos
2 - Campeonatos Brasileiros (2002 e 2004)
1 - Copa do Brasil (2010)
3 - Paulistas (2006, 2007 e 2010)
1 - Vice Libertadores (2003)

** classificações para Libertadores: 6

#4 Cruzeiro
1 - Campeonato Brasileiro (2003)
1 - Copa do Brasil (2003)
2 - Copas Sul-Minas (2001 e 2002)
5 - Mineiros (2003, 2004, 2006, 2008 e 2009)
1 - Vice Libertadores (2009)

** classificações para Libertadores: 5

#5 Flamengo
1 - Campeonato Brasileiro (2009)
1 - Copa do Brasil (2006)
1 - Copa dos Campeões (2001)
5 - Cariocas (2001, 2004, 2007, 2008 e 2009)

** classificações para Libertadores: 4

#6 Fluminense
1 - Campeonato Brasileiro (2010)
1 - Copa do Brasil (2007)
2 - Cariocas (2002 e 2005)
1 - Vice Libertadores (2008)

** classificações para Libertadores: 2

(Observação: Por que o Flamengo à frente do Fluminense, se o Flu chegou a uma final de Libertadores e uma de Sul-Americana? Porque eles jogam o mesmo campeonato estadual, e o domínio do Fla sobre o rival foi marcante. E por que o Corinthians abaixo dos dois, se ganhou uma Copa do Brasil a mais? A explicação está no rebaixamento inédito de 2007. E lembro, de novo, que a Copa do Brasil foi mais "fraca" ao longo da década).

#7 Corinthians
1 - Campeonato Brasileiro (2005)
2 - Copas do Brasil (2002 e 2009)
1 - Torneio Rio-São Paulo (2002)
3 - Paulistas (2001, 2003 e 2009)
1 - Série B (2008)

* rebaixamentos - 1 (2007)
** classificações para Libertadores: 4

#8 Athletico-PR
1 - Campeonato Brasileiro (2001)
4 - Paranaenses (2001, 2002, 2005 e 2009)
1 - Vice Libertadores (2005)

** classificações para Libertadores: 2

#9 Grêmio
1 - Copa do Brasil (2001)
4 - Gaúchos (2001, 2006, 2007 e 2010)
1 - Vice Libertadores (2007)
1 - Série B (2005)

* rebaixamentos - 1 (2004)
** classificações para Libertadores: 5

#10 São Caetano
1 - Paulista (2004)
1 - Vice Libertadores (2002)

* rebaixamentos - 1 (2006)
** classificações para Libertadores: 2

#11 Sport
1 - Copa do Brasil (2008)
6 - Pernambucanos (2003, 2006, 2007, 2008, 2009 e 2010)
* rebaixamentos - 2 (2001 e 2009)
** classificações para Libertadores: 1

(Observação: o São Caetano aparece na frente do Sport pois chegou, ao longo da década, a uma final de Brasileiro e uma final de Libertadores, além de conquistar o título paulista - que é uma tarefa quase impossível para um clube pequeno. Abaixo, o Paysandu aparece à frente de campeões da Copa do Brasil por ter exercido total domínio regional, vencido uma Copa dos Campeões que foi, sim, relevante naquele momento e ainda ter feito bonito na Libertadores-2003, vencendo o Boca Juniors, que seria o campeão, em plena Bombonera. Ainda assim, ressalte-se, acabou a década na Série C. O Goiás, por exemplo, passou toda a década figurando na elite nacional e ainda chegou à final da Sul-Americana em 2010. Foi mais regular, mas não chegou às conquistas).

#12 Paysandu
1 - Copa dos Campeões (2002)
1 - Copa Norte (2002)
6 - Paraenses (2001, 2002, 2005, 2006, 2009 e 2010)
1 - Série B (2001)

* rebaixamentos - 1 (2005)
** classificações para Libertadores: 1

#13 Goiás
2 - Copas Centro-Oeste (2001 e 2002)
4 - Goianos (2002, 2003, 2006 e 2009)

* rebaixamentos - 1 (2010)
** classificações para Libertadores: 1

#14 Santo André
1 - Copa do Brasil (2004)
* rebaixamentos - 1 (2009)
** classificações para Libertadores: 1

#15 Paulista
1 - Copa do Brasil (2005)
1 - Série C (2001)
** classificações para Libertadores: 1

#16 Palmeiras
1 - Paulista (2008)
1 - Série B (2003)

* rebaixamentos - 1 (2002)
** classificações para Libertadores: 4

Menções honrosas Estaduais:

#17 Coritiba
4 - Paranaenses (2003, 2004, 2008 e 2010)
2 - Série B (2007 e 2010)

* rebaixamentos - 2 (2005 e 2009)
** classificações para Libertadores: 1

#18 Vitória
2 - Copas do Nordeste (2003 e 2010)
8 - Baianos (2002 a 2005 e 2007 a 2010)

* rebaixamentos - 2 (2004 e 2010)

#19 Paraná
1 - Paranaense (2006)
* rebaixamentos - 1 (2007)
** classificações para Libertadores: 1

#20 Figueirense
5 - Catarinenses (2002, 2003, 2004, 2006 e 2008)
* rebaixamentos -1 (2008)

#21 Fortaleza
8 - Cearenses (2001, 2003 e 2005 e 2007 a 2010)
* rebaixamentos -2 (2003 e 2006)

Campeões brasileiros que sequer jogaram a Libertadores na década:

Atlético-MG
2 - Mineiros (2007 e 2010)
1 - Série B (2006)

* rebaixamentos - 1 (2005)

Vasco
1 - Carioca (2003)
1 - Série B (2009)

* rebaixamentos - 1 (2008)

Botafogo
2 - Cariocas (2006 e 2010)
* rebaixamentos - 1 (2002)

Bahia
2 - Copas do Nordeste (2001 e 2002)
1 - Baiano (2001)

* rebaixamentos - 1 (2003 - só voltou à Série A em 2011)

*****

CLIQUE ABAIXO PARA VER O RANKING DE CADA DÉCADA DO FUTEBOL BRASILEIRO:

DÉCADA DE 40
'Expresso da Vitória' do Vasco e São Paulo de Leônidas marcaram época

DÉCADA DE 50
Grandes pulverizam títulos e futebol do Brasil começa a ganhar o mundo

DÉCADA DE 60
Santos foi o maior quando éramos os maiores

DÉCADA DE 70
Inter domina início da "era nacional" do futebol

DÉCADA DE 80
Flamengo rompe fronteiras e ganha o mundo

DÉCADA DE 90
São Paulo supera concorrência em década 'paulista'

DÉCADA DE 00 (ANOS 2000)
Inter brilha na Libertadores e supera o São Paulo, tri brasileiro

DÉCADA DE 10
Corinthians campeão do mundo; brasileiros dominam Libertadores

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL