PUBLICIDADE
Topo

Gato pode beber leite? Fomos atrás da resposta

Adulto ou filhote, descubra por que seu gato não pode beber leite - Reprodução/GettyImages
Adulto ou filhote, descubra por que seu gato não pode beber leite Imagem: Reprodução/GettyImages

Taís Ilhéu

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/10/2020 04h00

O imaginário acerca de gatos beberem leite é tão consolidado que muita gente sequer questiona-se sobre a prática de oferecer esse alimento para seu bichano. Afinal, se o tempo todo vemos gatinhos bebendo leite em filmes ou até na casa de conhecidos, esse não deve ser um hábito tão ruim assim, certo?

São casos como esse que mostram a importância de pesquisar bem e consultar profissionais da área antes de oferecer um alimento que não é formulado especialmente para pets aos bichinhos de estimação. É possível, sim, pensar uma dieta natural e caseira para cães e gatos, mas sempre sob orientação profissional para não correr o risco de oferecer ao animal um alimento inadequado e que não fará bem a sua saúde. E este é exatamente o caso de leite para gatos.

Os riscos para um gato filhote

Não é incomum que ao adotar ou resgatar um gatinho filhote órfão, as pessoas logo pensem em alimentá-lo com leite de vaca em uma mamadeira. Acontece que este leite não supre de forma alguma as necessidades do gato recém-nascido que seriam supridas pelo leite da mãe, e alimentá-lo apenas com isso pode gerar sérias deficiências nutricionais. Então o que fazer neste caso?

"O ideal é comprar um sucedâneo, uma espécie de leite substitutivo comercial, que foi formulado para atender todas as exigências de um gato filhote, de vitaminas, minerais, imunização, e outras", explica Ana Beatriz Vidal, médica veterinária e zootecnista do Hospital Veterinário Anima, em São José dos Campos (SP) e especialista em nutrição animal. Esse leite industrializado pode ser encontrado em lojas de produtos especializados para pets.

Os riscos para um gato adulto

Já para os gatos adultos, o leite pode desencadear outros tipos de enfermidades além da desnutrição. O gato, assim como todos os mamíferos, possui a enzima lactase, que digere a lactose, em maior concentração quando filhote. Assim, seu organismo consegue absorver melhor esse alimento durante a fase de amamentação.

Porém, conforme cresce, a concentração dessa enzima diminui e o resultado é que gato torna-se menos apto a digerir a lactose, podendo apresentar problemas gastrointestinais quando consome leite. Alguns sintomas, segundo a veterinária Ana Beatriz, são "diarreia, vômito, aumento do peristaltismo, gases e alteração na microbiose intestinal".

Seu gato tomou leite a vida toda e não apresenta esses sintomas? Saiba que ainda assim o leite pode prejudicar outros aspectos da saúde dele. Um deles é a obesidade e o outro é a desnutrição. Sim, o gato pode ganhar muito peso e ainda assim estar desnutrido, já que a tendência é que ele diminua o consumo de ração (que contém todos os nutrientes que ele precisa) para tomar mais leite, que não supre as necessidades nutricionais e ainda é mais gorduroso.