PUBLICIDADE

Topo

Alto Astral


Amigo de Capricórnio? O que ele pode te ensinar sobre planejar a vida

pixelfit/Getty Images/iStockphoto
Imagem: pixelfit/Getty Images/iStockphoto

Claudia Dias

Colaboração para Universa

09/01/2020 04h00

Capricórnio é conhecido por ser um signo muito focado no trabalho, organizado financeiramente, discreto — e por outras características não tão badaladas.

A verdade é que se trata de um signo com peculiaridades que podem se tornar lições para muita gente, como mostra o astrólogo Victor Augusto de Souza.

A seguir, ele lista seis características capricornianas e conta quais outros signos podem se beneficiar com o aprendizado, já que ele se aplica a "quem tem Capricórnio forte ou com Capricórnio em posições fortes no mapa astral ou muitos planetas em Capricórnio".

Coisas boas de Capricórnio

Se preparar para tudo

O capricorniano tem grande habilidade de se preparar para qualquer situação na vida, mesmo que de forma inconsciente. É o cara que vai estudar o que quer fazer (para fazer da melhor maneira possível) e trabalhar internamente para todo e qualquer projeto que surgir à sua frente. Ele nunca vai se mostrar "cru" diante de algum desafio.

"O signo de Áries pode aprender bastante com isso, porque é imediatista. Áries tem iniciativa, mas não revela um preparo inicial, o que pode atrapalhar seus planos ou impedir que ele se beneficie nas suas ações", comenta Victor.

Ter pensamento a longo prazo

Capricórnio é visto como alguém que pensa na aposentadoria mais que o normal. Na verdade, ele só está colocando em prática sua habilidade de enxergar (bem) longe. Ou seja, o capricorniano consegue planejar e vislumbrar o resultado dos seus atos, seja em investimentos financeiros, passos na carreira ou escolhas amorosas que vão refletir no seu futuro. Isto, aliás, não deixa de ser um autocuidado.

"Todos os signos de Fogo — Áries, Leão e Sagitário — são os que mais poderiam se beneficiar com isso, já que costumam ser imediatistas demais, querendo tudo para agora. Eles aproveitam o entusiasmo com algo para agir e nem sempre isso é adequado para o futuro. Já Capricórnio calcula todos seus passos", diz o astrólogo.

Usar os recursos na hora certa

Capricórnio também tem a fama de acumular mais do que precisa. "Ele até acumula, mas sabe ter o desprendimento necessário quando for a hora certa de usar aquilo", pontua Victor. Não importa se for um recurso financeiro ou mesmo sentimental, o capricorniano não vê problema de abrir mão de algo. "É um aspecto muito bom saber guardar, mas usar quando necessário.

Virgem é um dos que podem muito aprender com isso, já que, por ter esse senso de análise e de aperfeiçoamento muito grande, deixa passar a hora de agir e utilizar seus recursos", esclarece o especialista.

Guardar planos para si mesmo

Egoísmo? Longe disso! Capricórnio cria seus planos e cria objetivos, sem ficar contando para todo mundo porque, assim, evita opiniões alheias, que podem minar ou estragar suas intenções. Quem é de Gêmeos tende a aprender com isso, pois geralmente sai compartilhando suas ideias com as pessoas e, ao ser invalidado ou receber críticas demais, acaba desanimando e abandonando os planos.

Ser extremamente objetivo

O capricorniano é racional e, mais que isso, age de forma objetiva. Isso o ajuda muito a tomar decisões e, principalmente, conduzir seu dia a dia de forma mais consciente.

Desta maneira, tende a ser menos manipulado pelos outros. Libra é um signo que pode se beneficiar bastante com esta lição. É que, por ser amável e buscar validação das pessoas por quem nutre afeto, pode cair em chantagens emocionais ou ser influenciado por questões do gênero e deixar de fazer o que precisa fazer. Ao ser mais objetivo, como Capricórnio, o libriano só tem a ganhar.

Faz o que precisa que ser feito

Não é à toa que Capricórnio é considerado um signo de concretização e estabilidade.

Extremamente trabalhador, não faz corpo mole diante de nada e, uma vez que inicia algo, costuma ir até o fim. "Peixes pode se beneficiar desta lição, porque o pisciano, como tem um grande senso de ligação com as pessoas e com o mundo, pode ficar submerso nestas questões e não conseguir fazer o que precisa ser feito — e, assim, se distrai, se cansa, se chateia", diferencia Victor.

Alto Astral