PUBLICIDADE
Topo

Bichos

Tudo o que você precisa saber para cuidar do seu pet

Pfizer, Alkingel e Máskara: adoção de cães viraliza ao usar nomes criativos

Nomes de vacinas e medidas contra o coronavírus foram dados aos cachoros filhotes para incentivar a adoção - Reprodução/Facebook
Nomes de vacinas e medidas contra o coronavírus foram dados aos cachoros filhotes para incentivar a adoção Imagem: Reprodução/Facebook

Gustavo Frank

De Nossa

23/07/2021 12h11

Achar novos donos para cachorros abandonados ou sem um lugar para ficar pode ser uma missão difícil. No entanto, nada que a criatividade não possa ajudar. Certo? Essa foi a solução encontrada por Mariana Barnabé ao nomear os filhotinhos com nomes criativos, entre eles, os de vacinas contra o coronavírus.

No Facebook, a publicação feita pela jovem de São Paulo viralizou ao procurar novos pais de pets para os cachorrinhos, que traziam nomes como Fiocruz, Máskara, Butantan, Pfizer, Janssen, Lockdown, SUS e Alkingel.

Até a publicação desta matéria, todos os cachorrinhos já estavam adotados.

"Filhotes prontíssimos para conquistarem o coração de um dono", escreveu ela "Eles têm aproximadamente 3 meses, porte estimado para médio. Foram vermifugados, receberam tratamento antipulga e serão entregues castrados".

Nos comentários do post, que ultrapassou 18 mil compartilhamentos, muitos elogiaram a iniciativa: "Amei a criatividade", escreveu uma usuária. "Olha que ideia legal para avivar a adoção na nossa cidade", complementou outra entre elas.

Esperança em meio ao caos

Filhotinho ganhou o nome de SUS, em homenagem ao Sistema Único de Saúde brasileiro - Reprodução/Facebook - Reprodução/Facebook
Filhotinho ganhou o nome de SUS, em homenagem ao Sistema Único de Saúde brasileiro
Imagem: Reprodução/Facebook

Para Nossa, Mariana Barnabé contou que a iniciativa nasceu ao lado do namorado, o publicitário Paulo Gaspar.

"A gente ficou alucinado", relembra ela na entrevista. "Eu tava de boa, tinha 70 compartilhamentos e do nada bombou. Não sabemos ao certo qual foi o estopim. Muita gente gostou e começou a compartilhar por conta própria. Teve muita procura. Conseguimos doar todos muito rápido".

Os cachorros fazem parte da ONG SOPRAC Caieras, em São Paulo. Como conta Paulo, a ideia era chamar a atenção de uma forma diferente nas redes sociais — o que deu muito certo.

"Um padrão que a gente nota é a associação desses posts de adoção com um sentimento de dó ou pena. Então, pensei: 'como a gente pode associar a coisa boa?'. Depois de tanto tempo vivendo o sofrimento da pandemia, expectativa pela vacina e esperança, pensamos em colocar esses nomes".

Fizemos um paralelo entre este momento de agora com a adoção de cachorros, que é uma coisa fantástica, associada a alegria, vida e esperança. Assim como SUS, por exemplo, é a tradução dessa esperança que estamos vivendo agora".

O sucesso alcançado pelo casal agora deve servir como base para incentivar a adoção de outro cães pela ONG.

"A alta procura fez com que a gente conseguisse achar os melhores adotantes", conta Paulo. "Estamos usando essa oportunidade para ajudar a adotar mais cachorros, não só filhotes, como cachorros adultos. É uma oportunidade ímpar. Fora da curva".