PUBLICIDADE
Topo

Eurocopa - 2021

Britânico é condenado por insultos racistas após final da Eurocopa

Saka, Rashford e Sancho (da esquerda para a direita) sofreram racismo após perderem pênaltis na final da Eurocopa - Reprodução/Twitter
Saka, Rashford e Sancho (da esquerda para a direita) sofreram racismo após perderem pênaltis na final da Eurocopa Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

08/09/2021 20h11

De acordo com informações do 'The Guardian', o britânico Scott McCluskey foi condenado por racismo contra os jogadores Marcus Rashford, Jadon Sancho e Bukayo Saka após a final da Eurocopa 2021.

O rapaz usou de seus perfis nas redes sociais para ofender os jogadores que perderam os pênaltis na decisão da competição contra a Itália, no dia 11 de julho, em Wembley.

Na sentença, o juiz Nicholas Sanders descreveu a conduta do homem de 43 anos como "um crime que tem consequências de longo alcance" e o condenou a pagar indenizações e cumprir um toque de recolher.

Além de ser obrigado a permanecer em casa aos sábados, das 9h à meia-noite e aos domingos das 12h à meia-noite. Ele também cumprirá 40 dias de reabilitação e desembolsará cerca de R$ 2.3 mil de indenizações.

No julgamento, McCluskey justificou que havia fumado maconha e alegou que fez as postagens para fazer as pessoas sorrirem, como se fosse uma piada.