PUBLICIDADE
Topo

Eliminatórias Europeias

Lewandowski reprova vaias durante protesto antirracista da Inglaterra

Lewandowski reprova vaias durante protesto antirracista da Ingalterra - Action Images via Reuters
Lewandowski reprova vaias durante protesto antirracista da Ingalterra Imagem: Action Images via Reuters

Do UOL, em São Paulo

08/09/2021 19h42

Classificação e Jogos

Robert Lewandowski reprovou a atitude dos torcedores presentes do Estádio Nacional de Varsóvia antes do apito inicial da partida válida pelas Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2022, entre Polônia e Inglaterra.

Enquanto a equipe inglesa realizou um protesto antirracista devido aos últimos episódios envolvendo alguns de seus jogadores, os adeptos presentes começaram a vaiar a atitude dos visitantes.

Durante as vaias, o artilheiro polonês olhou para as arquibancadas e apontou para um patch na manga de sua camisa, que estava a palavra "respeito". Por alguns momentos ele deixou a mensagem acima da próxima faixa de capitão.

Mesmo que não tenha balançado as redes, Lewa foi fundamental para o empate da Polônia e a quebra dos 100% de aproveitamento em vitórias da Inglaterra na competição. O camisa 9 foi quem deu o passe para Szymanski deixar o placar em 1 a 1, nos acréscimos do segundo tempo.

FA repudia casos de racismo

A FA (Federação Inglesa de Futebol) se manifestou sobre o caso de racismo contra Raheem Sterling e Jude Bellingham na vitória por 4 a 0 contra a Hungria, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Em comunicado, a FA classificou o episódio como "extremamente decepcionante" e disse vai pedir investigação à Fifa.

"É extremamente decepcionante ouvir relatos de ações discriminatórias contra alguns de nossos jogadores. Pediremos à FIFA que investigue o assunto. Continuamos a apoiar os jogadores e funcionários em nossa determinação coletiva de destacar e combater a discriminação em todas as suas formas", disse a Federação Inglesa.

Durante a partida, torcedores húngaros dispararam gritos de "macacos" contra Sterling e Bellingham.