PUBLICIDADE
Topo

La Liga - 2020/2021

Messi decide, Barcelona bate o Getafe e reassume o 3ª lugar do Espanhol

Messi marcou dois gols na partida entre Barcelona e Getafe, no Camp Nou - LLUIS GENE/AFP
Messi marcou dois gols na partida entre Barcelona e Getafe, no Camp Nou Imagem: LLUIS GENE/AFP

Do UOL, em São Paulo

22/04/2021 18h53

Classificação e Jogos

O Barcelona venceu o Getafe por 5 a 2 no Camp Nou, e reassumiu a terceira colocação do Campeonato Espanhol. Messi marcou duas vezes, e Chakla, que fez contra, Araújo e Griezmann decidiram o placar. Lenglet, também contra, marcou o primeiro dos visitantes, e Ünal completou, de pênalti.

Minutos antes da partida começar, os jogadores do Getafe protestaram contra a Superliga, usando uma camiseta que fazia referência a Liga dos Campeões.

A briga pelas primeiras posições segue quente. Líder, o Atlético de Madri soma 73 pontos, contra 70 do Real. O Barça, que tem um jogo a menos, vem logo atrás, com 68. No domingo (25), os catalães enfrentam o Villarreal, às 11h15 (horário de Brasília). O Getafe, que é o 15º, luta para se manter longe da zona de rebaixamento contra o Huesca, 18º, às 9h (horário de Brasília).

O Jogo

Em mais uma noite inspirada, o craque argentino mostrou que estava afim de jogo em sua primeira participação, quando arriscou um chute de fora da área acertando o travessão. Por muito pouco - a bola tocou no poste, caiu em cima da linha e saiu pela linha de fundo - o Barcelona não abriu o placar.

Mas o gol não demorou. Aos sete minutos, Messi recebeu lançamento preciso e arrancou com a bola dominada entre os zagueiros do Getafe. Ele suportou a falta e bateu cruzado, sem chances para David Soria.

O zagueiro Lenglet empatou, com um gol contra, em seguida. Cucurella recebeu de Kubo com liberdade e cruzou a meia altura. Álgel desviou, e a bola tocou no camisa 15 antes de entrar.

O Barcelona sentiu dificuldades para superar o esquema do Getafe, e contou com a ajudinha do adversário para voltar a ficar em vantagem. Em uma falha bisonha no recuo de bola para o goleiro, Chakla chutou sem olhar e marcou o segundo dos catalães. Soria se esticou para tentar evitar, mas não deu tempo.

Messi ampliou em nova falha defensiva do Getafe. A zaga não afastou, e Lenglet serviu Messi de cabeça na área. O camisa 10 bateu tirando do goleiro e acertou a trave. No rebote, não perdoou - 3 a 1.

Tranquilo na partida, o Barça segurou o Getafe no segundo tempo, na expectativa do primeiro hat-trick de Messi no ano. Quem marcou, no entanto, foi o Getafe.

Aos 24 da segunda etapa, Araújo pisou no pé de Ünal dentro da área. o VAR sugeriu ao árbitro que revisse o lance, e após breve consulta ao monitor, marcou o pênalti. O turco bateu cruzado, com categoria, e Ter Stegen nem saiu na foto.

Aos 32, Griezmann recuou a bola e entregou de graça para Unal, que abriu na direita para Kubo. O camisa 5 bateu na meia altura, e Umtiti afasta. Irritado com o espaço que o Barça dava ao Getafe e com a falta de produtividade na segunda etapa, Koeman promoveu algumas trocas no time titular.

O uruguaio Araújo tranquilizou o treinador ao marcar o quarto gol. Ele, que fez o pênalti, se redimiu ao subir mais alto que a defesa do Getafe em escanteio cobrado por Messi, e testou forte para o fundo das redes. Foi a primeira - e fatal - finalização do Messi em todo o segundo tempo.

Griezmann coroou a goleada já aos 47. De pênalti, ele bateu cruzado, no cantinho direito. O goleiro acertou o lado da batida, mas não chegou na bola.