PUBLICIDADE

Topo

VivaBem

Bolsonaro diz que Anvisa liberou compra de cloroquina com receita simples

De Viva Bem, em São Paulo

13/08/2020 20h20

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse hoje, em sua live semanal, que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) teria liberado a compra de cloroquina com uma receita médica comum.

"Chegou na minha tela aqui, o presidente da Anvisa, o almirante Barra, acabou de confirmar a informação sobre a hidroxicloroquina e a ivermectina, você já pode comprar com uma receita simples caso seu médico recomenda, obviamente", disse o presidente.

Até o momento, no entanto, a decisão não consta nos canais oficiais da Anvisa.

Em julho, a Agência estabeleceu novo controle sobre a prescrição médica de medicamentos que estão sendo amplamente divulgados como tratamento contra a covid-19. Além da hidroxicloroquina, cloroquina e nitazoxanida, a ivermectina também só é vendida com retenção de receita. O objetivo na norma é coibir a compra indiscriminada.

Até então, a compra desses produtos em farmácias e drogarias só poderá ocorrer a partir da apresentação de receita médica com duas vias — a primeira deve ser retida pelo estabelecimento. Cada prescrição terá validade de 30 dias, a partir da data de emissão, e só poderá ser utilizada uma vez.

Se a informação dita hoje pelo presidente for confirmada pela Anvisa, bastará uma receita médica simples, emitida em uma única via, para que o paciente adquira os medicamentos.

Bolsonaro lembrou que foi medicado com cloroquina quando teve covid-19, assim como "uns 10" de seus 23 ministros, que também testaram positivo para o coronavírus.

VivaBem