PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Presidente ouve pedidos de Sampaoli em treino do Atlético-MG: "é exigente"

Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG, esteve na Cidade do Galo durante o treino ocorrido pela manhã - Pedro Souza / Divulgação / Atlético-MG
Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG, esteve na Cidade do Galo durante o treino ocorrido pela manhã Imagem: Pedro Souza / Divulgação / Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

11/08/2020 12h14

Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG, foi ao treino do time, na manhã de hoje (11), para conversar com Jorge Sampaoli. No bate-papo ocorrido na Cidade do Galo, ouviu novos pedidos do argentino à diretoria. O dirigente voltou a classificar o técnico como "exigente" devido às solicitações feitas ao departamento de futebol.

"Eu vim bater um papo com o Sampaoli, conversar com ele sobre os pleitos dele. Ele é um treinador extremamente exigente em campo e fora de campo também. A sede de ganhar, a vontade de ser campeão, de fazer com que o time seja cada dia mais bem treinado, mais competitivo, em busca de vitórias. Esse é o tipo de personalidade que a gente quer, que a gente busca. É uma mentalidade vencedora, a mentalidade do Atlético", disse o mandatário à TV Galo, sem especificar as solicitações do comandante.

"Ele fez alguns pleitos, não posso sair falando, começo a ficar até com a cabeça meio quente, mas é assim, que bom que ele é assim, que cobra da gente. Também terei o direito de cobrar dele. Esse é um trabalho importante, quando há cobrança de ponta a ponta na diretoria, no corpo técnico, sobre os jogadores. É um ambiente propício", acrescentou.

Sette Câmara não se manifestou sobre os pleitos de Sampaoli. No entanto, o UOL já revelou que o técnico ainda espera contar com alguns reforços para a temporada, sobretudo se a negociação envolvendo a ida de Guga para o Spartak de Moscou, da Rússia, tiver um desfecho positivo. Hoje, as tratativas estão emperradas.

Com a possível saída do jovem de 21 anos, o argentino já se antecipou e pediu quatro reforços: goleiro, lateral direito, meio-campista e centroavante. Um lateral só será procurado em caso de negociação de Guga.

As exigências foram feitas antes do fim da janela de transferências internacional, que se encerrou na noite de ontem (10). A diretoria não conseguiu atendê-lo, mas deve fazer uma nova procura, quando haverá reabertura do mercado da bola.

Sampaoli fez algumas indicações ao diretor de futebol Alexandre Mattos e o presidente Sérgio Sette Câmara. O técnico pediu a contratação de Everson para o gol. Eduardo Sasha, Eduardo Vargas e Nahuel Bustos foram sugeridos para o ataque. O Galo ainda tem interesse no quarteto.

Atlético-MG