PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Clube mexicano pede US$ 2,5 milhões para liberar Vargas ao Atlético-MG

Eduardo Vargas celebra gol do Chile contra o Japão - Marcello Zambrana/AGIF
Eduardo Vargas celebra gol do Chile contra o Japão Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

06/08/2020 04h00

O Atlético-MG não desistiu da contratação de Eduardo Vargas, atualmente no Tigres. Uma troca por Rómulo Otero foi ventilada nos bastidores, mas devido ao valor de mercado incompatível dos atletas, a situação é vista com certa resistência pelo time mexicano, mesmo que não esteja descartada. O clube estrangeiro quer US$ 2,5 milhões (R$ 13,25 milhões na cotação) pela liberação do centroavante que é um pedido de Jorge Sampaoli.

Aos 30 anos, o chileno não tem o perfil que agrada aos parceiros do Galo em contratações no atual mercado da bola. Os investidores preferem jogadores que tenham potencial de revenda para recuperar o que foi gasto por acordos. O atacante, contudo, já esboçou o desejo de se mudar para Belo Horizonte na janela de transferências. O dinheiro para um eventual acordo, portanto, terá que sair dos cofres do clube, como aconteceu na negociação por Keno, que pertencia ao Pyramids, do Egito.

O Galo está atrás de um camisa 9 no mercado da bola com o intuito de reforçar o elenco comandado por Sampaoli. Hoje, o técnico não conta com um atleta para exercer a função no plantel. Não à toa, Marrony foi improvisado na posição nos jogos do Campeonato Mineiro.

Vargas é um dos indicados pelo técnico argentino à diretoria do Atlético-MG. Eles trabalharam juntos na Universidad de Chile e na seleção chilena na última década.

Além do atacante chileno, Jorge Sampaoli indicou outros atletas ao departamento de futebol. Nahuel Bustos, do Talleres-ARG, e Eduardo Sasha, do Santos, também estão na mira da comissão técnica atleticana.

Uma possível troca de Otero por Vargas foi inicialmente divulgada pelo canal Galotube e confirmada pelo UOL.

Atlético-MG