PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Divergências travam venda de Guga do Atlético-MG para o futebol russo

Guga, lateral direito do Atlético-MG - Bruno Cantini/Atlético-MG
Guga, lateral direito do Atlético-MG Imagem: Bruno Cantini/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

11/08/2020 04h00

A situação envolvendo a venda de Guga ao Spartak Moscou, da Rússia, está travada. As indefinições sobre alguns detalhes deixaram o acordo para a sua saída do Atlético-MG cada vez mais distante.

O lateral direito está disposto a se transferir para a Rússia, assim como Jorge Sampaoli aceita a sua transferências desde que seja contratado um jogador para a sua vaga. No entanto, há algumas divergências nas condições do negócio. Há a tentativa de melhorar as condições propostas pelo lado do Galo.

O atleta de 21 anos tem uma oferta de 4,5 milhões de euros (R$ 28,96 milhões na cotação atual) para ir à Rússia. A diretoria ainda não deu sinal positivo para o acordo.

A venda de Guga para o Spartak Moscou era tratada como certa há alguns dias. Entretanto, diante do atual cenário, é possível que o negócio seja desfeito no mercado da bola.

Sem o acordo entre todas as partes, Jorge Sampaoli mantém Guga em seu elenco. O lateral direito foi utilizado na vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo, no último domingo (9), e deixou Mariano, recém-contratado para a posição no banco de reservas. Com a escolha por três zagueiros, o jovem atleta não precisou jogador como um lateral interno — fazendo a função de um volante na saída de bola —, o que apresentou dificuldades na volta do futebol em meio à pandemia do novo coronavírus.

Atlético-MG