PUBLICIDADE
Topo

Conversa de Portão #30: Como acolher alguém em luto?

Mais Conversa de Portão
1 | 25

De Ecoa, em São Paulo

27/04/2021 06h00

Milhões de brasileiros estão vivenciando o luto dos mais de 380 mil mortos em decorrência da pandemia de covid-19 no país.

Neste episódio do Conversa de Portão, Jéssica Moreira ouve as recomendações da psicóloga Ester Maria Horta e da comunicóloga especializada em comunicação não-violenta Iaçanã Woyames sobre como apoiar e confortar aqueles que estejam passando por esse processo.

Para Horta, todos estamos vivendo algum tipo de luto na pandemia. "Independente de a gente ter ou não perdido alguém, estamos todos passando por um luto. Ele é um processo de perda, não somente de alguém mas também de situações", disse (a partir de 3:05 do arquivo acima).

A psicóloga falou sobre os diferentes estágios do luto, lembrando que apesar de parecerem sentimentos abstratos, têm sua raiz na bioquímica do cérebro. Para quem está tentando ajudar, ela afirmou que o principal "é a escuta, respeitar os sentimentos. É violento falar 'não sinta isso, não se sinta culpada, faça tal coisa'. É ouvir a dor da pessoa e a partir disso pensar no que pode ajudar" (a partir de 9:36 do arquivo acima).

A partir dos princípios da comunicação não-violenta, Iaçanã Woyames também falou sobre estar presente, ter compaixão e proporcionar momentos de conforto para o enlutado. "Às vezes um 'tô aqui' vale muito mais do que um 'meus sentimentos'", disse (a partir de 15:20 do arquivo acima).

O Conversa de Portão é um podcast produzido pelo Nós, Mulheres da Periferia em parceria com UOL Plural, um projeto colaborativo do UOL com coletivos e veículos independentes. Novos episódios são publicados toda terça-feira.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição. Você pode ouvir Conversa de Portão, por exemplo, no Youtube, no Spotify e no Google Podcasts.