PUBLICIDADE
Topo

Conversa de Portão #53: Faltam mulheres negras nas análises políticas do país

Mais Conversa de Portão
1 | 25

De Ecoa, em São Paulo

09/11/2021 06h00

Este episódio de Conversa de Portão é o primeiro da segunda temporada da série "Feminismos", feita em parceria com a Fundação Rosa Luxemburgo. Desta vez, o tema central é mulheres negras no centro das discussões políticas. Para começar, Semayat Oliveira conversa com Christiane Gomes, da Fundação Rosa Luxemburgo, e Gabrielle Abreu, do Mulheres Negras Decidem.

Christiane diz que mulheres negras são a base da democracia brasileira, primeiro porque são maioria numérica da população (28%). "Essas mulheres são fomentadoras de políticas, tanto institucionais, para a criação de políticas públicas, como aquela política que acontece no cotidiano, nas comunidades, na periferia, nas escolas de samba, cozinhas comunitárias, movimentos e bases dos partidos" (a partir de 4:58 do arquivo acima).

Gabrielle explica que existe um processo para invisibilizar a participação das mulheres negras nas decisões políticas e ainda uma crítica ao pensamento dessas mulheres. "Somos acusadas de identitárias. Se a gente realmente só pensasse em políticas públicas para os nossos grupos já estava ótimo, mas o que vemos na prática são essas mulheres idealizando medidas que cabem a um conjunto mais amplo da sociedade", diz. "O pensamento das mulheres negras é altruísta e generoso, não estamos pensando só em nossas vivências, pensamos políticas e fazemos análises para a sociedade como um todo" (a partir de 19:39 do arquivo acima).

O Conversa de Portão é um podcast produzido pelo Nós, Mulheres da Periferia em parceria com UOL Plural, um projeto colaborativo do UOL com coletivos e veículos independentes. Novos episódios são publicados toda terça-feira.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição. Você pode ouvir Conversa de Portão, por exemplo, no Youtube, no Spotify e no Google Podcasts.