PUBLICIDADE
Topo

#BoasNotícias01/04: Bebê curado, terapia gratuita, menos internações

Leonardo, de 50 dias, se recuperou do coronavírus na Itália - Reprodução/Facebook
Leonardo, de 50 dias, se recuperou do coronavírus na Itália Imagem: Reprodução/Facebook

Carina Martins

Colaboração para ECOA, de São Paulo

01/04/2020 19h44

Às vezes, nem as boas notícias são fáceis de ouvir. Quando as - esperadas e necessárias - ações concretas de redução de danos começam a ser anunciadas, como agora, o sentimento é misto: auxílio por três meses, prorrogável por mais três, diminuição do ano letivo. Tudo deixa claro que o novo normal não acaba amanhã. Então agora é assim? Por agora, é.

Diariamente, Ecoa selecionará boas notícias para nos ajudar a enfrentar a nova rotina e nos manter orientados sobre a Covid-19.

Doações para periferias

O Instituto Tide Setúbal organizou uma plataforma que ajuda a centralizar e otimizar a arrecadação para organizações periféricas de todo o Brasil em ações de combate ao coronavírus. O projeto de financiamento colaborativo Matchfunding Enfrente o Corona vai selecionar e publicar iniciativas na ferramenta de doação, e triplicar com recursos de seu próprio programa cada iniciativa que conseguir alcançar a meta de R$ 10 mil pela mobilização de seus parceiros e sociedade. Ao todo, serão investidos R$ 4 milhões em propostas. As inscrições de programas estão abertas e a seleção vai acontecer constantemente durante a crise. Qualquer pessoa pode doar.

Vizinhança em Portugal

Inspirados por uma ação portuguesa, o pessoal da ONG Atados, que trabalha ligando gente disposta a vagas de trabalho voluntário, criou o programa Vizinho Amigo, para facilitar a colaboração entre pessoas dispostas a ajudar aqueles que se encaixam nos grupos de risco da Covid-19 e não podem sair de casa.

Insuficiência respiratória grave desacelera

Uma curva, pelo menos, já parece ter achatado: subida de internações por insuficiência respiratória grave desacelerou no Brasil, depois de uma ascensão considerada vertiginosa em meados de março, diz a Fiocruz. Entre 22 e 28 de março, as internações foram apenas 7% maiores do que na semana anterior. Nas duas semanas anteriores, as internações tinham crescido 163% e 122% — em conjunto, os casos tinham saltado de 965 para 5.624. Não é possível determinar que essa explosão de internações atípicas por insuficiência respiratória grave seja devido ao coronavírus porque não há testes disponíveis para seu diagnóstico. Mas seu crescimento diminuiu, o que é bom por si.

Terapia gratuita

Vários grupos de psicólogos e psicanalistas têm se organizado para oferecer consultas online gratuitas durante o desafiador período de isolamento social. Você pode encontrar o contato de sete desses grupos aqui.

Curados do coronavírus

Uma mulher de 97 anos, moradora de Recife, acaba de receber alta depois de se recuperar do coronavírus. Um bebê italiano de 50 dias, também.

Respirador pronto em 2 horas


Mais um dia, mais uma conquista da universidade pública e da ciência do Brasil. Pesquisadores da Escola Politécnica da USP desenvolveram um ventilador pulmonar de patente aberta e baixo custo, produzido totalmente com tecnologia nacional, e que pode ser fabricado em apenas duas horas - fundamental com a demanda que se aproxima. O professor Raul González Lima, especialista em Engenharia Biomédica e um dos coordenadores do projeto, explica que o objetivo é suprir uma possível necessidade deste tipo de equipamento no Brasil. "O motivo de se desenvolver este tipo de ventilador de pulmão emergencial parte de algumas premissas. Uma delas é que a cadeia de produção instalada deste tipo de equipamento talvez não consiga aumentar sua produção para a demanda da população brasileira nas próximas semanas. Seria necessário ter um equipamento que pudesse atender a população que ficaria desassistida neste caso".

Mais #BoasNotíciasEcoa: