PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Como e para quem fazer doações na crise do coronavírus

De Ecoa, em São Paulo

23/03/2020 21h19Atualizada em 05/05/2020 17h44

Uma rede de apoio tem se formado em todo o país diante das necessidades causadas pela pandemia do coronavírus, envolvendo entidades, sociedade civil e Estado. Itens de higiene, alimentos, valores em dinheiro e até mesmo serviços podem ajudar quem está mais vulnerável nesse momento.

Quer e pode contribuir? Ecoa reuniu abaixo locais, coletivos e instituições que estão recebendo doações pelo país, pessoalmente ou via transferências e financiamentos coletivos. A lista será atualizada diariamente durante o período de enfrentamento à Covid-19. Se tiver uma indicação, marque os nossos perfis @Ecoa_UOL no Twitter ou Instagram, ou envie mensagem para ecoa-uol@uol.com.br com a palavra "Doação" no campo assunto.

TODO O BRASIL

Unidos contra a Covid-19 - A Fiocruz está com uma campanha de arrecadação de recursos para ajudar na implementação de novos projetos e ações em combate ao coronavírus. Toda verba obtida será administrada em conta exclusiva de fundo emergencial, que dará suporte a construção de uma unidade hospitalar e na elaboração de pesquisas e cuidados a pacientes. Pessoas físicas podem contribuir com doações a partir de R$ 30.

Para doar: acesse unidos.fiocruz.br. É possível também fazer um depósito direto na conta bancária no fundo emergencial da Fiocruz, gerenciado pela Fiotec . Banco Bradesco - Agência: 3002-3 C/C:19044-6 - CNPJ: 02.385.669/0001-74.

UNICEF - O UNICEF Brasil está fazendo a ponte entre empresas que querem doar itens de saúde e higiene e as comunidades mais vulneráveis em todo o país. Está focando esforços, também, na disseminação de informações confiáveis para a população, em especial famílias com crianças. E está trabalhando com governos nos níveis federal, estadual e municipal, empresas e sociedade civil para mitigar o impacto da crise e garantir a continuidade dos serviços - saúde, educação, assistência social e proteção contra a violência - adaptados à nova realidade. Todo o trabalho do UNICEF depende de doações de pessoas físicas e de empresas

Para doar: as doações podem ser feitos pelo site ou pelo telefone 0800 605 2020.

G10 das Favelas - O grupo que reúne lideranças de favelas brasileiras como Rocinha (RJ) e Heliópolis (SP) lançou uma campanha virtual para comprar itens de higiene e mantimentos para profissionais autônomos das favelas que ficarão sem trabalho no período.

Para doar: Acesse o site esolidar.com.

Ação da Cidadania - A organização, que atua na distribuição de alimentos por todo país, está intensificando sua atuação e pede a ajuda da sociedade civil e do setor privado para ajudar famílias atingidas pela grave crise de saúde devido a pandemia do coronavírus.

Para doar: acesse o site www.acaodacidadania.com.br

MTST - O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto criou um fundo solidário para ajudar na compra de alimentos e itens de higiene para distribuir para a população de pessoas sem-teto.

Para doar: acesse vaka.me/947032

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) - A associação nacional de entidades que representam os povos indígenas reivindicou ao governo federal a elaboração de um Plano de Ação Emergencial voltado para a prevenção e o atendimento aos territórios indígenas. Em meio à pandemia do coronavírus, a associação também criou uma vaquinha online para arrecadar fundos para a compra de alimentos e medicamentos, que serão distribuídos nas aldeias.

Para doar: acesse http://vaka.me/952341

SÃO PAULO

Fundo Social de SP (FUSSP) - O governo do estado estruturou uma frente responsável para organizar o recebimento de doações. O Fundo Social de São Paulo (FUSSP) concentrará valores em dinheiro que devem ser usados para a compra de materiais e pagamento de serviços vinculados ao combate à doença.

Para doar: Banco do Brasil - Agência 1897-X - Conta Corrente: 19.490-5 - CNPJ/MF: 44.111.698-0001/98.

HC-FMUSP - Médicos do Hospital da Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e voluntários se uniram para criar a campanha #VemPraGuerra para garantir equipamentos de proteção suficientes para profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate ao coronavírus. A iniciativa busca levantar fundos com a contribuição da sociedade civil e tem a meta de conseguir R$ 10 milhões até dia 2 de abril.

Para doar: Acesse #VemPraGuerra.

UniãoSP - A iniciativa de diversos grupos da sociedade civil para impedir uma crise humanitária em consequência do coronavírus no Estado de São Paulo pede doações para a compra de cestas básicas, com alimentos e itens de higiene e limpeza, que serão distribuídos para famílias que vivem em situação de vulnerabilidade. As doações podem ser feitas por meio de uma plataforma de crowdfunding ou por transferência bancária.

Para doar: Acesse www.uniaosp.org/. Para doações via transferência bancária, mande um e-mail para doe@uniaosp.org.

UNEAFRO - A organização criou uma campanha para atender famílias das comunidades de São Paulo e Rio de Janeiro doando kits de higiene. As doações podem ser feitas por meio de vaquinha virtual e por transferência bancária.

Para doar: Acesse vaka.me/949425. Para transferência bancária: Banco do Brasil - Agência: 120-5; Conta corrente: 74414-X - Titular: Associação Franciscana de Defesa de Direitos e Formação Popular - AFDDFP; CNPJ: 11.140.583/0001-72. Mais informações: uneafrobrasil@gmail.com.

Cruz Vermelha Brasileira - Para viabilizar suas ações humanitárias, de formação de técnicos de enfermagem, atividades sociais dos voluntários e ainda manter a infraestrutura hospitalar a serviço da prevenção aos efeitos do coronavírus, a Cruz Vermelha Brasileira - São Paulo pede doações financeiras que podem ser feitas por meio de depósito ou transferência bancária.

Para doar: Banco Itaú - Agência 6480 - Conta corrente 04751-0 - CNPJ: 07.127.753/0001-01 - Swift: ITAUBRSP (código para quem estiver fora do país).

Treino na Laje - O Treino na Laje, projeto que oferece atividades físicas e recreativas na periferia de São Paulo, uniu-se à loja Botões Clássicos para arrecadar fundos para a compra de itens de higiene que serão doados para famílias de comunidades da zona sul. A contribuição pode ser feita em qualquer quantia.

Para doar: Banco Itaú - Agência 0786 - Conta Corrente 17077-9 - CNPJ 27671135/0001-35. Mais informações pelo Instagram: @TreinoNaLaje e @BotõesClássicos.

ARCAH - A Associação de Resgate à Cidadania Por Amor à Humanidade está arrecadando recursos para a compra de itens de higiene e produtos de limpeza para contribuir com a prevenção de ao coronavírus entre a população de ruas. O objetivo da campanha é atender mais de 20 centros de acolhida de São Paulo.

Para doar: acesse arcah.org/coronavirus

Habitat para a Humanidade Brasil - A organização lançou a campanha "Não espalhe o vírus, Espalhe Solidariedade" com o objetivo de apoiar 1.000 famílias de 20 comunidades espalhadas por oito estados do país, num esforço nacional de mobilização para garantir que haja comida e possibilidade de higiene em suas casas. As comunidades atendidas com a campanha estão em São Paulo/SP, Recife/PE, Riacho das Almas/PE, Rio de Janeiro/RJ, Santos Dumont/MG, Curitiba/PR, Candeias/BA, Fortaleza/CE e Goiânia/GO. As doações podem ser feitas a partir de R$ 15.

Para doar: acesse www.catarse.me/espalhesolidariedade

Casa de Oração do Povo de Rua - O padre Júlio Lancellotti abriu um espaço para abrigar até cinquenta pessoas em situação de rua. Em tempos de coronavírus, o local está aceitando doações alimentos não perecíveis, itens de higiene, como sabão e álcool em gel, além de materiais de limpeza e agasalhos.

Para doar: Rua Djalma Dutra, 3, Bom Retiro, São Paulo. Telefone: 0/xx/11 3228-6223.

Arsenal da Esperança - O maior centro de acolhimento de São Paulo está pedindo doações de alimentos não perecíveis, itens de higiene e materiais de limpeza. Diariamente, o Arsenal da Esperança serve 2.500 refeições para pessoas em situação de rua.

Para doar: rua Doutor Almeida Lima, 900 - Mooca. Banco Santander - Conta bancária: Agência 0144 - Conta
13-003147-6 CNPJ: 62.459.409/0001-28.

Casa 1 - O centro de cultura e acolhimento LGBTQI+ está recebendo alimentos e produtos de higiene pessoal.

Para doar: Rua Condessa de São Joaquim, 277, São Paulo, das 10h às 18h. Mais informações em casaum.org.

Casa Chama - A organização trabalha no fortalecimento de pessoas transgênero, transexuais e travestis. No momento, 50 pessoas trans são assistidas de forma presencial pela organização. Em paralelo, cerca de 210 pessoas trans são acompanhadas remotamente: 90% delas residem na cidade de São Paulo, estando 85% em situação de profunda vulnerabilidade social. A Casa Chama pretende, neste momento de crise global, dar suporte para ao menos 260 pessoas. Para isso, iniciou uma vaquinha virtual para a compra de cestas básicas para alimentação, produtos de higiene pessoal e limpeza, além de frascos de álcool gel, medicamentos e máscaras protetoras.

Para doar: acesse vaka.me/953272

Solidariedade para Mudar SP contra o coronavírus - Idealizada para divulgar medidas de conscientização sobre a Covid-19, a iniciativa lançou campanha de doação e distribuição de alimentos não-perecíveis e produtos de higiene, como álcool em gel, sabonetes e absorventes destinados a pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Para doar: Acesse www.catarse.me/spcontraocoronavirus ou pelo telefone 0/xx/11 94791-1177. Mais informações no site SPContraCoronavirus.org ou pelas redes sociais no @spcontraocoronavirus.

Solidariedade Vegan - A empresária Vivi Torrinco criou o movimento para distribuição de mamitas veganas para moradores em situação de rua e catadores. Em suas redes sociais, ela pede doações de embalagens e alimentos.

Para doar: maiores informações por mensagem no perfil Solidariedade Vegan, no Instagram.

Casa do Zezinho - A organização, que atua no Capão Redondo, em São Paulo, está distribuíndo cestas básicas e itens de higiene para mais de 1.300 famílias da região, que são atendidas pela ONG. Para ajudar na compra dos produtos, foi aberta uma vaquinha virtual. O valor mínimo para doação é de R$ 10.

Para doar: acesse www.kickante.com.br/campanhas/sos-casa-do-zezinho-ajude.

Laramara - A Associação Brasileira de Assistência à Pessoa com Deficiência Visual enfrenta uma considerável baixa em suas doações diárias, que são fundamentais para os atendimentos gratuitos da instituição.

Para doar: acesse laramara.org.br/doe para realizar doações em dinheiro. Mais informações pelo WhatsApp, 0xx/11- 4637-0151.

DiCampana Foto Coletivo - Com o objetivo de ajudar no combate a Covid-19 nas periferias de São Paulo, o coletivo está fazendo uma rifa virtual de um quadro no formato 50x75 cm, cuja obra foi produzida no Espaço Ophicina. O valor arrecadado será destinado para a compra de cestas básicas e kits de higiene em comércios locais, fomentando assim a economia e ajudando o pequeno comércio. Para a distribuição, o coletivo contará com a ajuda de lideranças nos bairros, que já fazem o trabalho de entrega nas comunidades.

Para contribuir: acesse rifa.link/g3o.

Centro de Convivência É de Lei - A ONG que atua na redução de danos a usuários de drogas está arrecadando itens de higiene para distribuir durante ações na região da cracolândia, centro de São Paulo.

Para doar: Rua do Carmo, 56, salas 201 e 202, Sé (tocar o interfone "É de Lei"), São Paulo. Doações em dinheiro podem ser feitas pelo site edelei.org ou por meio de depósito em conta: Banco do Brasil - Agência: 1202-5 - Conta Corrente: 16175-6 - CNPJ: 04.893.583/0001-88. Mais informações: 0/xx/11 3337-6049.

Mulheres de Paraisópolis - A Associação de Mulheres de Paraisópolis pede ajuda para captar recursos para a produção de marmitas, que serão distribuídas para as famílias mais vulneráveis da comunidade de Paraisópolis durante a quarentena. As mulheres empreendedoras do coletivo Bistrô de Mãos de Maria doarão seu tempo e trabalho para a ação.

Para doar acesse: vaka.me/947960

UNAS Heliópolis (União de Núcleos, Associações dos Moradores de Heliópolis e Região) - Trabalhando na prevenção do impacto do coronavírus nas comunidades, a organização está recebendo doações de alimentos não perecíveis e itens de higiene em sua sede.

Para doar: Rua Da Mina, 38, São Paulo. Das 10h às 16h; ou por meio de depósito em conta: Caixa Econômica - Agência: 3124 - Conta corrente: 376-7 - CNPJ: 38.883.732/000.1-40. Mais informações: 0/xx/11 2272-0140.

Por Nossa Conta - O projeto é iniciativa de um grupo que se organizou para arrecadar dinheiro a fim de comprar itens de higiene e alimento para pessoas em situação de rua em São Paulo durante a pandemia.

Para doar: Informações em instagram.com/_por_nossa_conta_ ou depósito em conta. Itaú - Agência 0428 - Conta Corrente 66516-0 - CPF 423.618.408-71.

Voluntariado Einstein - A instituição inicia uma nova fase de campanha de arrecadação de fundos para garantir, agora, a alimentação a 10 mil famílias em situação de risco total de Campo Limpo e Vila Andrade, na capital paulista. Para enfrentar a crise ao longo dos próximos três meses, o Voluntariado segue com o desafio de atingir uma meta audaciosa de mais de R$ 2 milhões, valor que irá assegurar alimentação adequada a essa população em vulnerabilidade social.

Para doar: Banco Safra - Agência 0093 - Conta Corrente 104529-1 - CNPJ: 60.765.823/0001-30.

Fundo para Mães e Trabalhadoras Informais Afetadas pelo COVID-19 - Voluntários do Instituto Embarque de Paraisópolis e do cursinho popular Carolina de Jesus criaram uma vaquinha online após perceberem a situação das mães dos alunos, de funcionários e colaboradores da rede que perderam seus empregos devido a pandemia do coronavírus. A iniciativa tem como objetivo ajudar mães solteiras e trabalhadoras informais da comunidade de Paraisópolis com renda básica de R$ 400 enquanto durar o isolamento.

Para doar: acesse vaka.me/954533

Comunidade Maria José - O coletivo está arrecadando doações para a compra de cestas básicas que serão entregues para famílias privadas de trabalhar devido a pandemia do coronavírus e que tenham filhos cadastrados no projeto o Arena BV, Grupo Abadá Capoeira.

Para doar: acesse vaka.me/972322.

São Mateus em Movimento - A associação cultural está arrecadando itens de higiene e alimentos que serão destinados às famílias que mais serão impactadas durante o período de quarentena.

Para doar: alimentos e itens de higiene podem ser entregues em três pontos de arrecadação, São Mateus em Movimento (Rua Cônego José Maria Fernandes, 127c - Cidade São Mateus); Favela Galeria (rua Archângelo Archiná, 587 - Cidade São Mateus) e Mercado do Tim Maia (Avenida Baronesa De Muritiba, 536, Parque São Rafael). Doações em dinheiro podem ser feitas acessando benfeitoria.com/smem

Instituto Projeto Sonhar - A organização recebe doações em dinheiro para a compra de alimentos, produtos de higiene e limpeza destinados a moradores mais vulneráveis de Capão Redondo, Jardim Ângela e Jardim São Luis, na zona sul da cidade.

Para doar: Caixa Econômica Federal - Agência: 4071 - Conta Corrente: 2146-9 - CNPJ: 19.616.285/0001-18; Mais informações: Rua Joaquim Braga, 32, Capão Redondo, São Paulo. Telefone: 0/xx/11 2359-6098.

RIO DE JANEIRO

Sesc RJ - Por meio do programa Mesa Brasil, a instituição está ajudando 19 circos instalados no Rio e em mais 12 municípios do estado com doações de alimentos. Mais de 400 artistas, que não podem realizar espetáculos devido às medidas de prevenção ao coronavírus, serão beneficiados. Além da necessidade pontual dos profissionais de circo, o Mesa Brasil continua apoiando diversas entidades que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade, em comunidades como Rocinha, Complexo do Alemão e Morro do Turano.

Para doar: o Sesc RJ disponibilizou um número de telefone celular para que interessados em doar alimentos e outros mantimentos entrem em contato: 0/xx/21 98566-4902.

Central Única das Favelas - A CUFA está realizando uma campanha para arrecadar fundos para a compra de alimentos, itens de higiene e material de limpeza para moradores de favelas do Rio.

Para doar: Bradesco - Agência 0087 - Conta Corrente 3582-3 | Itaú - Agência 0402 - Conta Corrente: 17369-4 - CNPJ: 06.052.228/0001-01. Mais informações: 0/xx/21 2489-7927.

Rio contra o corona - A iniciativa da ONG Instituto Phi pretende atender favelas como Cidade de Deus, Pavãozinho e Japeri.

Para doar: Banco Itaú - Agência: 0726 - Conta Corrente: 07246-5 - CNPJ: 19.570.828/0002-94 ou via o site riocontracorona.org.

Redes da Maré - A organização não governamental está com uma campanha de arrecadação de itens materiais e valores em dinheiro para ajudar moradores mais vulneráveis do complexo de 16 favelas que foram a Maré, onde moram cerca de 140 mil pessoas.

Para doar: Presencialmente ou via depósito bancário; informações no site redesdamare.org.br.

A Rocinha Resiste - A rede está precisando com urgência de água sanitária, sabão em barra, álcool em gel, cesta básica e água mineral. O coletivo está priorizando doações em dinheiro, para evitar aglomeração em pontos de coleta.

Para doar: Solicitar a conta para depósito pelo número 0/xx/21 97960-4495. Mais informações em facebook.com/arocinharesiste.

Voz das comunidades - A ONG lançou a campanha "Pandemia com Empatia" para arrecadar fundos para a compra de alimentos, itens de higiene e materias de limpeza que serão distruídos para famílias do Complexo do Alemão, no Rio

Para doar: Caixa Econômica Federal - Agência 0198 - Conta Corrente 3021-2 - Operação 03 - CNPJ: 21.317.767/0001-19. Mais informações: (21) 96463-2334

Casa Nem - O espaço de acolhimento para LGBTQI+ em situação de vulnerabilidade social pede itens de higiene e material limpeza, além de máscaras, luvas e água mineral.

Para doar: Rua Dias da Rocha, 27, Copacabana, Rio de Janeiro. Mais informações em facebook.com/casanemcasaviva.

Comida Que Faz Bem - O programa Alimentação Consciente Brasil, da ONG Mercy For Animals, se juntou à Redes da Maré, para levar cerca de três mil refeições à base de vegetais para crianças e famílias em situação vulnerável no Complexo da Maré.

Para doar: acesse mercyforanimals.org.br/doar

Amaerj - A Associação de Magistrados do Rio de Janeiro iniciou uma campanha de arrecadação para a compra de materiais hospitalares que serão doados para hospitais públicos. O objetivo é adquirir luvas cirúrgicas, máscaras e reanimadores.

Para doar: Itaú - Agência 6002 - Conta 07264-0 . Bradesco - Agência 6246 - Conta 3030-9. CNPJ: 40.422.305/0001-06.

MARANHÃO

Coroadinho - A comunidade em São Luís, uma das maiores do país, com cerca de 60 mil habitantes, está recebendo doações para ajudar com mantimentos e itens de higiene os moradores sem trabalho durante a quarentena.

Para doar: O contato pode ser feito pelo WhatsApp (98 98111-8079) das lideranças locais.

AMAZONAS

Sede do Sindicato dos Médicos do Amazonas - Médicos do Amazonas estão contando com a ajuda de lojistas e empresários que possam ajudar na doação de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como macacões de proteção, aventais descartáveis, máscaras cirúrgicas, óculos, luvas e gorros.

Para doar: Av. Professora Cacilda Pedrosa, 633. Alvorada II, Manaus. Mais informações: 0/xx/92 3651-7798 ou 0/xx/92 99902-2074.

BAHIA

Sociedade Irmãos Solidários (SIS) - Localizada na comunidade do São Bartolomeu, em Salvador, a SIS desenvolve trabalhos de educação e cidadania com famílias em situação de vulnerabilidade da região. A instituição está pedindo a doações de itens de higiene e materiais de limpeza.

Para doar: Rua São Bartolomeu, nº 1256E, São João do Cabrito/Suburbana. Telefone: 0/xx/71 9975-4333

Corra para o Abraço - O programa da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado da Bahia (SJDHDS) está fazendo uma campanha de arrecadação de itens de higiene pessoal para pessoas em situação de rua.

Para doar presencialmente: Rua da Mouraria, número 53, Nazaré; Sede do Corra pro Abraço, Ladeira da Independência, 247, Nazaré; rua Curva do Vinicius, qd 09, lote 13, Itapuã. Conta bancária para doações em dinheiro: Banco do Brasil - Agência: 3457-6 | Conta: 71280-9 | Titular: Comunidade Cidadania e Vida. Mais informações: corraproabraco@gmail.com

CEARÁ

Movimento Supera Fortaleza - Parceria entre a Prefeitura de Fortaleza e o Sistema Verdes Mares, a iniciativa busca doações de alimentos e itens de higiene para ajudar trabalhadores autônomos e pessoas em situação de rua. É possível doar presencialmente ou contribuir financeiramente por meio de vaquinha online. Todos os alimentos arrecadados serão distribuídos pela Secretaria de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Prefeitura de Fortaleza.

Para doar: Rua Almirante Barroso, número 521/531 ou Câmara Municipal de Fortaleza. Vaquinha online: Mais informações pelo perfil no Instagram: Movimento Supera Fortaleza.

DISTRITO FEDERAL

Lar São José - Casa do Candango - A instituição, que acolhe idosos acima de 60 anos, está com uma campanha de doação de alimentos, materiais de limpeza e itens de proteção, como luvas e máscaras.

Para doar: Quadra 14, área especial 01 lote 17 e 18 - Sobradinho-DF. Conta bancária: Banco de Brasília - BRB: Agência: 204 - Conta Corrente: 019397-3. Mais informações: 0/xx/61 3591-1051.

GOIÁS

Organização de Voluntárias de Goiás (OVG) - Em parceria com o Sistema Fecomércio Senac-Sesc, a ONG lançou uma campanha de arrecadação de alimentos para famílias em situação de vulnerabilidade que vivem em Goiás. O objetivo é conseguir 50 mil cestas básicas.

Para doar: Os alimentos podem ser entregues na sede da OVG - Rua T-14, 249, Setor Bueno. As doações também podem ser feitas na unidade Mesa Brasil do Sesc de Goiás, que fica na Avenida Vera Cruz, quadra 45A, lotes 1 a 7, no Jardim Guanabara. Mais informações: 0/xx/62 3219-5180 ou pelo e-mail atendimento@go.senac.br.

MATO GROSSO DO SUL

HRMS - Em Campo Grande, o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul pede doações de materiais de proteção para profissionais da saúde, como luvas, máscaras e touca descartável.

Para doar: As doações podem ser entregues em qualquer unidade do Corpo de Bombeiros Militares de Campo Grande.

MINAS GERAIS

Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) - Uma campanha do MLB para ajudar ocupações, comunidades e bairros periféricos está pedindo doações de itens de higiene, produtos de limpeza e alimentos. O movimento pede para que interessados em doar esses materiais que entrem em contato nos telefones abaixo antes de levar as doações. Quem puder e quiser também pode ajudar financeiramente

Para doar: Ocupação Carolina Maria de Jesus - Rua Rio de Janeiro, 109, Centro. Contatos: Thales: o/xx/31 99486-6845; Rose 0/xx/31 99217-9028; Creche Tia Carminha - Avenida Perímetral154 - Contatos: Poliana 0/xx/31 99323-4483;

Para doações em dinheiro: Caixa Economica Federal - Agência: 0081 - Conta poupança: 00066148-5 |Titular: Manoel Inacio Moreira Vieira | CPF: 120.732.696-80.

PARANÁ

Prefeitura de Londrina - A criação de um programa de voluntariado foi lançada pela prefeitura de Londrina, que também pede a doação de alimentos e itens de higiene. Quem puder ajudar e tem interesse em se tornar um voluntariado, deve preencher um formulário no site da Prefeitura. As doações serão recebidas em três pontos da cidade.

Para doar: Centro Cultural da Região Norte - Avenida Saul Elkind, 790 - Conjunto Aquiles Sthengel; Supercreche (Centro Municipal de Educação Infantil Valéria Veronesi) - Rua Benjamin Constant, 8 - Centro; Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora - Rua Dom Bosco, 55 - Jardim Dom Bosco.

Ação do Bem - O instituto, localizado em Morretes, no litoral do Paraná, está recebendo doações de máscaras cirúrgicas para distribuir para pessoas no grupo de risco.

Para doar: entrar em contato pelo telefone 0/xx/41 99744-0080.

Projeto Mãos Invisíveis - A iniciativa que trabalha com a população em situação de rua pede a doação de alimentos alimentos, como pães e frios, além de itens de higiene.

Para doar: Informações sobre os pontos de coletas podem ser obtidas pelo perfil no Instagram: Projeto Mãos Invisíveis.

PERNAMBUCO

Livroteca Brincante do Pina - Localizada na comunidade do Bode, no bairro do Pina, o projeto de incentivo à leitura iniciou uma campanha arrecadar doações de alimentos, água, álcool de gel, máscaras, sabão e detergente.

Para doar: Rua Artur Lício, 291, Pina, Recife. Mais informações: 0/xx/81 98318-2510.

Todos pela Rua - A Associação Católica dos Samaritanos, em Recife, ao lado de outros coletivos que trabalham com pessoas em situação de rua, montaram uma ação estratégica e emergencial para suprir as necessidades dessa população em meio a pandemia do coronavírus. Ponto de arrecadação, a Igreja Rosário dos Pretos receberá produtos de higiene pessoal e alimentos.

Para doar: Rua Estreita do Rosário, s/n, Santo Antônio, Recife.

Todas para o Mar (TPM) - Marisqueiras da região de Maracaípe ainda sofrem com as consequências do vazamento de petróleo em 2019. Em meio a pandemia de coronavírus, muitas devem enfrentar dificuldades para sustentar suas famílias, por isso O movimento de surf feminino, Todas Para o Mar, criou uma vaquinha virtual para arrecadação de fundos. Com a ajuda, o coletivo vai doar cestas básicas para 150 famílias da da região.

Para doar: http://vaka.me/949869. Mais informações pelo perfil no Instagram: Todas Pelo Mar

RIO GRANDE DO SUL

Casa de Referência Mulheres Mirabal - O espaço de apoio às mulheres vítimas de violência doméstica em Porto Alegre pede a doação de máscaras, luvas descartáveis e álcool em gel para postos de saúde que estão sofrendo com a falta de recursos e materiais.

Para doar: Entidade retira no local; saiba mais em facebook.com/MulheresMirabal ou pelo telefone 0/xx/51 3407-6032.

Prefeitura de São Leopoldo - Com o objetivo de ajudar a comunidade indígena Kaingang, a Prefeitura de São Leopoldo iniciou uma campanha para arrecadar alimentos não perecíveis, itens de higiene e materiais de proteção, como luvas e máscaras.

Para doar: Ginásio Municipal Celso Morbach, que fica na avenida Dom João Becker, Centro, das 10h às 18h.

RORAIMA

Conselho Indígena de Roraima (CIR) - Comunidades indígenas estão preocupadas com o avanço do coronavírus em Roraima. Por isso, o conselho lançou uma campanha de arrecadação de fundos para a compra de alimentos e itens de higiene, que serão distribuídos em comunidades localizadas em áreas de difícil acesso e que mais necessitam de assistência.

Para doar: depósito ou transferência bancária. Banco do Brasil - Agência 2617-4 conta: 8198-1

Saúde