PUBLICIDADE
Topo

Rodrigo Hübner Mendes

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Educação Já: uma poderosa bússola para o avanço da educação em nosso país

Palco do Encontro Anual Educação Já 2022 - Divulgação
Palco do Encontro Anual Educação Já 2022 Imagem: Divulgação

06/05/2022 06h00

No último dia 26 de abril, estive no pavilhão da Bienal para o Encontro Anual do Educação Já, organizado pelo Todos pela Educação. O evento contou com a presença de especialistas, lideranças políticas, gestores e educadores que há décadas vêm trilhando o caminho para melhorar a qualidade da educação pública no Brasil. Como não poderia deixar de ser, o tema das perdas causadas pela pandemia deu um tom de urgência à discussão.

O Educação Já é uma produção técnico-política que visa contribuir com os planos de governo para a Educação Básica nas próximas gestões federal e estaduais. Seu objetivo principal é subsidiar e estimular debates em torno das metas educacionais brasileiras em vista a estimular medidas estruturais que elevem sua qualidade de maneira sistemática e para todos. Dentre as ações propostas para mitigar os efeitos da pandemia estão o enfrentamento da evasão escolar, ações de acolhimento e suporte emocional, recomposição das aprendizagens e promoção da inclusão digital. Além disso, há também um conjunto de recomendações organizadas em dez eixos, tais como governança, políticas pedagógicas e financiamento. A ideia é que todas as propostas sejam pensadas e implementadas de maneira articulada e coerente.

Adicionalmente, está em construção um documento contendo um conjunto de propostas específicas para a temática do atendimento de estudantes com deficiência em escolas inclusivas. Os desafios abordados contemplam o abandono escolar que acomete tais alunos em maior medida, o combate à cultura de segregação, a necessidade de aumento dos investimentos na modalidade da Educação Especial e a remoção das barreiras que impactam negativamente o desenvolvimento do corpo discente.

O fortalecimento da educação brasileira depende de articulações da sociedade civil e do esforço compartilhado de agentes públicos e privados. Nesse sentido, o Educação Já representa uma valiosa ferramenta para que nossos representantes implementem políticas públicas baseadas em evidências e recomendações elaboradas por especialistas que dedicam suas vidas ao tema de uma educação igualitária.