PUBLICIDADE

Topo

Beleza

Ruivas de outono: como escolher o tom e cuidar dos fios vermelhos

Tendência da estação, cabelos vermelhos pedem cuidados extras  - Toxicoz/iStock
Tendência da estação, cabelos vermelhos pedem cuidados extras Imagem: Toxicoz/iStock

Karina Hollo

Colaboração para Universa, de São Paulo

02/05/2022 04h00

Os tons acobreados estão fazendo a cabeça de celebridades e fashionistas —de Anitta a Kendall Jenner—, inspirando muitas mulheres a entrarem na onda. "Por aqui, tudo começou com Marina Ruy Barbosa, um ícone fashion que fez o cabelo ruivo se tornar uma febre", comenta o hair stylist Marco Antonio de Biaggi, do salão MG Hair Design, em São Paulo. "É importante falar que o ruivo de hoje em nada lembra o vermelho intenso que era o pavor das mulheres. Ele é sofisticado e combina muito com a pele que fica mais clara no outono-inverno", continua.

Muitos tons de vermelho

Mulheres de pele clara combinam com praticamente todos os tons de ruivo. "Quem tem o tom de pele mais rosado fica super bem com o strawberry blonde, que é um ruivo mais dourado. Aquelas que têm o tom mais amarelado e quente devem investir no ruivo cobre claro", ensina o hair stylist Rudi Werner, do Rio de Janeiro. "Morenas bronzeadas podem apostar nos tons abertos, como o cereja. Para mulheres de pele morena, indico os cobres mais intensos e o acaju, vibrante. Já para as mulheres negras, o ruivo varia de acordo com a tonalidade de pele, mas sempre opte por tons que puxam mais para o vermelho —o marrom avermelhado e o vinho escuro são curingas", complementa.

Cuidados especiais

Quem resolver aderir à tendência precisa saber que o visual impactante e intenso pede cuidados capilares extras depois da transformação. Para começo de conversa, não se fica ruiva, assim, de primeira: "O tom desbota muito rápido. É só da terceira para a quarta coloração que o cabelo vai ficando pigmentado mesmo e o ruivo vem à tona", diz Marco.

Para manter a cor, é indispensável usar um xampu que evite o desbotamento do tom, geralmente com óleo de cranberry e de tamanu, que blindam a cor e dão brilho. Em tempo: hidratações no vapor aceleram o desbotamento e devem ser evitadas.

"O ruivo requer uma rotina bem definida, a começar pela manutenção: o retoque pode variar de acordo com o crescimento do cabelo e do contraste entre as tonalidades dos fios naturais e tingidos, podendo ser feita, em média, de 15 a 30 dias. Além disso, em casa, vale usar produtos específicos, como condicionadores e máscaras, que ajudem a repor o tom", diz Rudi.

Ruivo de diva

Na hora de estilizar, saiba que a nuance fica ótima com todos os tipos de ondulação. "Basta lembrar do maior ícone, a diva das ruivas: Rita Hayworth, em "Gilda". Assim como a Marilyn Monroe está para as platinadas, ela está para o ruivo", pontua Marco. O tom fica lindo com ondas, babyliss, bobes de velcro e até mesmo num liso chapado como Marina Ruy Barbosa ama.


Anitta

Decididamente, Anitta veio para causar. Não bastasse todos os seus últimos feitos recentes —de lacrar em inglês na entrevista no programa de Jimmy Fallon a levar sua música para o Coachella, maior festival pop do mundo, na Califórnia, ela está aí para provar que quem tem a pele azeitonada, comum entre as latinas, também pode ter cabelos vermelhos, sim. "Anitta usou uma versão do castanho muito avermelhado, seria o tom mais escuro de ruivo, muito diferente do da Marina Ruy Barbosa ou da Jessica Chastain", observa Marco. "É uma mudança de paradigma!", continua.

Marina Ruy Barbosa

"Quando você olha o ruivo da Marina, chamado de orange red ou ginger red, percebe que ele é desbotado e muito fashion. Mas precisa estar sempre maquiada para evitar ficar monocromática ou abatida", alerta Marco. Tenha sempre à mão um blush, um batom e bastante máscara para cílios.

Phoebe Dyneavor

Mais uma adepta do cooper hair, o ruivo com fundo acobreado, um hit da estação, a atriz que vive Daphne na série "Bridgerton", da Netflix, já está na onda e não é de hoje.

Malu Rodrigues

A Irma, da primeira fase da novela "Pantanal", causou com seus cabelos cor de fogo. "Esse é o chamado strawberry blonde, um loiro avermelhado que não tem nada de loiro. Ele traz o avermelhado da fruta, lembrando as sobremesas de morango", diz Marco.

Camila Morgado

Mais uma vez, o tom aqui é o ginger red, que fica lindo com cachos desfeitos ou ondas. Na hora de reproduzir, não se esqueça de aplicar protetor térmico porque os fios, descoloridos e tingidos, ficam mais sensíveis à quebra.

Kendall Jenner

Já o ruivo da top model Kendall Jenner, que roubou a cena para uma campanha publicitária recente, é o copper red, bem acobreado. "É o tom do momento, exatamente da cor do metal. Só se falou nisso, é o ruivo do ano", fala Marco.

Jessica Chastain

Não dá para esquecer da Jessica Chastain, maravilhosa no último Oscar. "Ela tem um ruivo desbotado que fica lindo com a pele claríssima. É o verdadeiro ginger red, inspirado no chá de gengibre ou no nosso quentão aqui do Brasil. A ideia é reproduzir o tom no cabelo", explica Marco.


Ana Clara

Ana Clara, ex-BBB, tem o chamado ruivo brilhante. "É o mais chamativo, eu diria. Ele se inspira em 'Gilda' e traz um contraste bonito à pele branquinha", diz Marco.

Para ter no boxe

Shampoo e Condicionador Color Shield, M.A.B Hair Cosmetics, R$ 117,80 - Divulgação - Divulgação
Shampoo e Condicionador Color Shield, M.A.B Hair Cosmetics, R$ 117,80
Imagem: Divulgação

Shampoo e Condicionador Color Shield, M.A.B Hair Cosmetics, R$ 117,80
Os fios ruivos exigem retoques mais frequentes, com intervalos de 30 a 40 dias, quando a coloração começa a perder o brilho. A dupla, com óleo de cranberry e de tamanu, mantém a cor vibrante e intensa por mais tempo.

Rich & Repair Shampoo, WeDo/, R$ 99,90  - Divulgação - Divulgação
Rich & Repair Shampoo, WeDo/, R$ 99,90
Imagem: Divulgação

Rich & Repair Shampoo, WeDo/, R$ 99,90
Shampoo Low Foam, de pouca espuma, ideal para cabelos grossos ou muito danificados. Não tem sulfatos, nem silicones e contém 93% de ingredientes de origem natural, como raiz de mandioca naturalmente ativada, além de ser vegano e cruelty free. Com embalagem reciclável e feita de 75% de material reciclado.

Invigo - Divulgação - Divulgação
Shampoo e Condicionador Invigo Color Brilliance, Wella Professionals, R$ 103,50
Imagem: Divulgação

Shampoo e Condicionador Invigo Color Brilliance, Wella Professionals, R$ 103,50

Conta com fórmulas enriquecidas com ativos antioxidantes que ajudam a manter a cor vibrante nos fios por até 7 semanas.

Match Boticário - Divulgação - Divulgação
Combo Match Liga dos Coloridos: Shampoo + Condicionador, O Boticário, R$ 75,80
Imagem: Divulgação

Combo Match Liga dos Coloridos: Shampoo + Condicionador, O Boticário, R$ 75,80
Prolongam a durabilidade da cor, têm tripla proteção de agentes externos contra o desbotamento e garantem brilho intenso, sem ressecar ou desbotar os fios. Fórmula com filtro UV e extrato de girassol.

Shampoo, Condicionador e Leave-in, Meu Q, R$ 69, 79 e 39, respectivamente  - Divulgação - Divulgação
Shampoo, Condicionador e Leave-in, Meu Q
Imagem: Divulgação

Shampoo, Condicionador e Leave-in, Meu Q, R$ 69,00 R$ 79,00 e R$ 39,00 respectivamente
Trio poderoso com shampoo, condicionador e leave in com fórmulas desenvolvidas exclusivamente para as necessidades de quem acaba de mudar o tom dos cabelos e precisa de proteção da cor e cuidado com os fios diariamente, de forma simples e prática.

O UOL pode receber uma parcela das vendas pelos links recomendados neste conteúdo. Preços e ofertas da loja não influenciam os critérios de escolha editorial.

Beleza