PUBLICIDADE

Topo

Beleza

Hidratantes noturnos funcionam? Veja como os produtos atuam na pele à noite

Hidratantes noturnos costumam ter compostos ativos mais concentrados, o que proporciona uma regeneração mais eficiente das células - LaylaBird/ iStock
Hidratantes noturnos costumam ter compostos ativos mais concentrados, o que proporciona uma regeneração mais eficiente das células Imagem: LaylaBird/ iStock

Karina Hollo

Colaboração para Universa

01/11/2021 04h00Atualizada em 01/11/2021 11h39

O termo Bela Adormecida nunca deu tanto match com o skincare. Há quem acredite que, por já cuidar da pele durante o dia, não precisa fazer isso à noite, mas não é bem assim. Anote aí: enquanto dormimos, os hidratantes são melhor absorvidos pela pele —pois é quando ocorre o processo de renovação celular. "Neste período, há elevação da circulação cutânea, aumentando a absorção de nutrientes e vitaminas, o que potencializa o efeito dos produtos", explica o dermatologista Daniel Coimbra, especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

É durante a noite que o organismo também produz hormônios que são imprescindíveis para o corpo, como o GH (hormônio de crescimento). "Ele é essencial para a regeneração das células e a prevenção da flacidez da face", continua o médico. Por isso, os produtos noturnos costumam ser mais concentrados, o que potencializa seus efeitos regenerativos. "Ao dormirmos, há um aumento da circulação sanguínea para os órgãos periféricos. É o momento em que a pele e o couro cabeludo são mais vascularizados e a regeneração destes tecidos acontece de forma muito mais efetiva", afirma a dermatologista Gabriella Albuquerque, também membro da SBD.

"Por todos esses motivos e também porque estará protegida de agressões externas como sol, vento e poluição, a pele se torna mais receptiva, melhorando a resposta aos tratamentos", adiciona a dermatologista Ana Paula Fucci, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e Academia Europeia de Dermatologia (EADV).

A qualidade do sono e a pele

O corpo humano, assim como o corpo de outros mamíferos, sofre uma série de alterações neuronais e hormonais no momento em que as células da retina do olho detectam a luz do dia. Este processo, que ocorre diariamente, é denominado ciclo circadiano e é responsável por manter nosso relógio biológico funcionando de forma harmoniosa ao longo de 24 horas.

"Ele se caracteriza por alterações na pressão arterial, na temperatura corporal e na liberação de cortisol e melatonina. A pele e os cabelos também sofrem influência destes hormônios", diz a dermatologista Gabriella, especializada em rejuvenescimento não cirúrgico. Ou seja, podemos envelhecer mais rápido, manifestando mais precocemente rugas, flacidez, cabelos brancos e perda dos fios, além de termos maior chance de desenvolver um câncer de pele, dependendo da qualidade do sono.

Benefícios

Os hidratantes noturnos costumam ter compostos ativos mais concentrados, o que proporciona uma regeneração mais eficiente das células. "Além disso, algumas das substâncias presentes nesses produtos são fotossensíveis [como o ácido retinóico], que não devem ser utilizadas durante o dia. Vale ressaltar que durante o sono profundo a pele se torna mais receptiva para absorver os ativos, com isso a ação dos hidratantes noturnos é potencializada", diz Daniel.

Rotina noturna

Perto da hora de dormir é a hora de preparar a pele para descansar e absorver os nutrientes dos hidratantes. Uma boa rotina de skincare noturno deve incluir um sabonete adequado ao tipo de pele, para boa higienização e retirada das impurezas acumuladas ao longo do dia. "O primeiro passo é lavá-la de forma eficiente com um sabonete adequado para sua pele, para que não haja nenhum resíduo de poluição ou de maquiagem", aconselha Daniel.

A dermatologista Gabriella recomenda a aplicação de um tônico. "Ele termina a limpeza, reequilibra a pele e melhora a absorção dos ativos que virão em seguida", justifica Ana Paula. Esses ingredientes podem vir em forma de creme, sérum ou gel, e podem ter propriedades hidratantes, antioxidantes ou reparadoras, de acordo com a necessidade da pele.

"À noite, recomendo a aplicação de cremes que ativam os fibroblastos para maior estímulo de colágeno, como os produtos à base de ácido glicólico e de retinol. Eles têm o efeito potencializado durante o sono", diz Gabriella. Pode-se ainda acrescentar um produto específico para a área dos olhos, seja para hidratar, clarear ou melhorar irregularidades e rugas. E bons sonhos!

Para experimentar

Máscara Facial Hidratante Aqua Réotier, L'Occitane
Máscara facial hidratante feita com água da fonte de Réotier, na Provença, é rica em minerais. Contém um derivado do ácido hialurônico e moléculas de glicerina que são umectantes e ajudam a reter a água na pele. Bônus: ajuda a deixar os poros menos visíveis.
Preço sugerido: R$ 199

Creme Facial Noturno Hangover Pillow Cream, Too Faced - Divulgação - Divulgação
Creme Facial Noturno Hangover Pillow Cream, Too Faced
Imagem: Divulgação

Creme Facial Noturno Hangover Pillow Cream, Too Faced
Hidratante noturno rico em sais minerais, água de coco, manteiga de semente de manga, óleo de abacate, vitamina B e ácido hialurônico que prometem renovar e regenerar a pele, além de promover um sono regenerador.
Preço sugerido: R$ 299

Sérum Anti-idade Noturno Smart Retinol, Clinique
Enriquecida com 0,3% de retinol, esta fórmula cremosa penetra profundamente na pele para acelerar a renovação celular e reduzir, visivelmente, as linhas e marcas de expressão. O tom de pele fica mais uniforme e radiante, e a aparência dos poros é minimizada.
Preço sugerido: R$ 425

Revox Intense Retinol, Dermage - Divulgação - Divulgação
Revox Intense Retinol, Dermage
Imagem: Divulgação

Revox Intense Retinol, Dermage
Gel creme concentrado antirrugas à base de biopeptídeos e retinol que prometem o efeito "botox like".
Preço sugerido: R$ 229,90

Advanced Génifique Eye Cream, Lancôme - Divulgação - Divulgação
Advanced Génifique Eye Cream, Lancôme
Imagem: Divulgação

Advanced Génifique Eye Cream, Lancôme
O produto leva quatro frações de probióticos e três prebióticos + ácido hialurônico, que ajuda a manter a hidratação da pele, e vitamina CG, que uniformiza o tom da cútis. Um dos efeitos prometidos é um contorno dos olhos mais firme e suave.
Preço sugerido: R$ 349

O UOL pode receber uma parcela das vendas pelos links recomendados neste conteúdo. Preços e ofertas da loja não influenciam os critérios de escolha editorial.

Beleza