PUBLICIDADE

Topo

Maqui Nóbrega

Lições que aprendi no meu ano em que fiz um sabático de homens

A companhia de um homem pode ser legal, incrível, agradável, gostosa, saudável... Mas necessária não é. - Ponomariova_Maria/Getty Images/iStockphoto
A companhia de um homem pode ser legal, incrível, agradável, gostosa, saudável... Mas necessária não é. Imagem: Ponomariova_Maria/Getty Images/iStockphoto
Maqui Nóbrega

Maqui Nóbrega é designer, produtora de conteúdo para internet, feminista, gorda, um pouco chata, bastante legal e nada romântica.

Colunista do UOL

31/12/2020 04h00

2020 está terminando e vim aqui fazer um balanço do meu ano sabático de homens. Aliás, vocês sabiam que, originalmente, a minha coluna seria sobre isso? Quando Universa me convidou para escrever aqui semanalmente, minha ideia era fazer um diário dessa experiência.

Aí veio a pandemia, a quarentena e para mim não fazia muito sentido falar sobre não ir a dates quando não se tinha outra opção. A maioria das pessoas estava trancada em casa também, não sair para qualquer coisa era agora uma questão coletiva de sobrevivência, não apenas uma escolha pessoal. Por isso o tema geral da coluna acabou mudando.

Mas termino o ano de 2020 vitoriosa, sem ter me envolvido com nenhum homem, depois de 2 ou 3 anos seguidos em que me envolvi com muitos. Hoje estou aqui pra contar as 10 lições que eu aprendi nesse meu ano de folga dos relacionamentos:

  1. A companhia de um homem pode ser legal, incrível, agradável, gostosa, saudável... Mas necessária não é.
  2. Muita energia é gasta no flerte e essa energia pode ser melhor empregada em outras áreas da vida, recomendo!
  3. Por mais que eu me considere há muito tempo uma mulher fora do padrão, não me relacionar com ninguém do sexo oposto esse ano me fez ter a certeza de que quanto mais eu me distancio desse padrão, mais bonita e livre eu me sinto. E, no fim, é só isso que importa!
  4. Os homens trabalham pesado para nos afastar, só que a gente não percebe até estar "longe". Aliás, ler os comentários masculinos aqui na minha coluna foi uma injeção de gás semanal para continuar forte no meu sabático. Brigada, caras, vocês tornaram tudo mais fácil!
  5. O Tinder é um vício como qualquer outro.
  6. Não há homem que vença um sugador clitoriano.
  7. Algo que eu já sabia, mas ficou mais claro em 2020: as mulheres estão exaustas! Dia sim, dia sim também, eu recebi mensagens dizendo "vou fazer um ano sabático como você, não aguento mais". Gatas, só posso dizer que o detox purifica!
  8. Eu estava em um ciclo vicioso de me envolver com o mesmo tipo de cara no repeat, o boy sensível probleminha. Nossa Senhora, como eu romantizei esse boy! Só consegui identificar como meu papel de mãe terapeuta nas relações era problemático quando saí fora delas.
  9. "Tô dando um tempo de homem" é a melhor frase para encerrar conversas que você não quer ter.
  10. Sabe aquele cara que você acha que NUNCA conseguiria viver sem? Eu tinha um desses. A boa notícia é: você consegue! Eu consegui.