PUBLICIDADE

Topo

Maqui Nóbrega

Juliette, Fiuk e a romantização excessiva dos relacionamentos. Quem nunca?

Juliette e Fiuk -  amor à primeira vista no BBB21? - Reprodução/Globo
Juliette e Fiuk - amor à primeira vista no BBB21? Imagem: Reprodução/Globo
Maqui Nóbrega

Maqui Nóbrega é designer, produtora de conteúdo para internet, feminista, gorda, um pouco chata, bastante legal e nada romântica.

Colunista do UOL

27/01/2021 10h49

Cara, vai ser difícil escapar do Big Brother. Eu não assisti à estreia do programa, mas entrei no Twitter, como sempre entro, e não tinha, literalmente, nenhum tuíte sobre outro assunto que não fosse o reality. Aí cheguei na casa da minha sócia para trabalhar hoje e a TV dela estava ligada no pay-per-view.

Então eu preciso aceitar, e apresentar aqui pra vocês minha nova persona: serei a crítica do Big Brother que não assiste ao Big Brother. O que eu acho um estudo antropológico maior que o Big Brother em si porque, veja, eu só saberei o que aconteceu lá dentro pela visão de outras pessoas e cada um traz sua bagagem pra dentro da casa, né? Mesmo que só virtualmente.

Então o que eu entendi da estreia foi: já temos um casal no BBB 21. Fiuk e Juliette mal se conheceram e a internet toda, e Juliette também, casou os dois.

Eu vendo esses tweets só conseguia pensar "mas nossa, o que será que esse homem fez para conquistar essa gata tão rápido?". E eu sei, talvez ela tenha entrado lá e se deslumbrado com o Fiuk celebridade. Talvez ela tenha pensado que finalmente vai conseguir um canal para conhecer o Fábio Jr ou a Cleo Pires. Talvez ela estava carente depois de ficar uma semana inteira trancada em um quarto de hotel sem contato com ninguém e se jogou em cima do primeiro cara que viu.

Mas vamos falar a real? O que acontece no BBB acontece na nossa vida, por isso reality shows fazem tanto sucesso! A gente se identifica com o que vê ali porque, justamente, estamos assistindo pessoas reais. Como eu, como você. E quem aqui nunca ouviu uma amiga declarar que tinha encontrado o amor da vida depois do primeiro date?

Tirando os casais do cinema e TV (e alguns da vida real, vai, mas poucos!) que se olham, se apaixonam e ficam juntos até que a morte os separe, isso não é muito comum. Estatística e realisticamente falando, as chances de você conseguir identificar que o cara que você acabou de conhecer será seu futuro marido é quase nula. Mas a ilusão e romantização, eu já falei aqui, é gostosa! Ela é quentinha e envolve a gente, então por que não se entregar?

Porque, minha amiga, você vai quebrar a cara! E eu não falo isso porque sou pessimista não, apesar de ser um pouco, mas conta aí quantas vezes essa história se desenrolou como a sua amiga que declarou aquilo depois do primeiro date previu?

Então vai com calma, não se afoba, antes de planejar sua cerimônia de casamento ao som de Alma Gêmea, como a Juliette fez, para, respira e foca em você.

Você não precisa se enfiar em um relacionamento imaginário só porque o mundo diz que uma mulher só será feliz e completa em um relacionamento. Talvez você case mesmo com ele, talvez seja apenas uma transa, pode ser que ele se torne seu melhor amigo ou inimigo, não dá pra saber depois de um date! Lembre-se: a expectativa alta é a autosabotagem mais comum em relacionamentos.

As duas forças que se atraem, o sonho lindo de viver, podem estar apenas dentro da sua cabeça. Eu te convido: vem ser realista aqui fora! Você vai sofrer bem menos, juro.