PUBLICIDADE

Topo

Maqui Nóbrega

Neste fim de ano faça um amigo secreto de vibradores com as suas amigas

O prazer da mulher está em suas mãos - Getty Images/iStockphoto
O prazer da mulher está em suas mãos Imagem: Getty Images/iStockphoto
Maqui Nóbrega

Maqui Nóbrega é designer, produtora de conteúdo para internet, feminista, gorda, um pouco chata, bastante legal e nada romântica.

Colunista do UOL

27/10/2020 04h00

Eu conheço mulheres da minha idade (35) e até mais velhas que nunca se masturbaram. Aposto que vocês também conhecem. Talvez inclusive você que está lendo isso aqui nunca tenha se masturbado. Possivelmente, você acha que a masturbação é um pecado ou uma vergonha. Normal! Desde pequenas, é isso que falam para gente. "Tira a mão daí, menina". Mas já parou para pensar que sua vida sexual pode ser meia boca justamente porque você não se masturba? Ou que se a sua vida sexual já é maravilhosa (parabéns!), ela pode ser ainda melhor se você se masturbar?

Eu tô ligada que, assim como os homens adoram comentar aqui nas colunas de um portal feminino como se alguém tivesse pedido a opinião deles, eles também amam dar pitaco sobre o nosso prazer. E o vacilo foi nosso, devemos admitir. Faz muito tempo que a gente deixa essa responsa na mão dos caras. Mas cada vez que uma mulher goza sozinha, esse jogo vira mais um pouquinho, porque de prazer feminino, quem entende somos nós! A primeira a saber o que te faz gozar tem que ser você, não seu namorado/marido/peguete.

Por isso, estou trazendo para cá a minha já tradicional campanha "neste fim de ano, faça um amigo secreto de vibradores com as suas amigas". A palavra da masturbação precisa ser difundida, minhas irmãs! Por que a mulher que nunca experimentou a magia de um vibrador, não sabe o que está perdendo. Pega a lista dos prós: o vibrador não fala besteira, o vibrador não é machista, o vibrador tem quase 100% de aproveitamento, o vibrador não ronca, o vibrador está sempre limpinho e cheiroso, você não precisa fingir que gozou com o vibrador, porque o vibrador, ah, minha cara, o vibrador manda muito bem!

"Mas Maqui, vibrador é muito caro, não tenho grana para isso". Sem problemas! Enquanto não é instituído o programa "meu vibrador, minha vida" no Brasil, eu estou aqui para estimular você a conhecer o seu corpo, com ou sem ele. Seus dedos são de graça e cumprem a mesma função dos anjos que vibram. Ok, talvez não na mesma intensidade que um sugador clitoriano (te amo!), mas para começar, está ótimo, o importante é se tocar.

Eu quase me sinto repetitiva nas minhas colunas, mas dessa vez a frase de efeito é tão literal que eu não posso deixar passar: o seu prazer está NAS SUAS MÃOS.

Transar sem saber o que te dá prazer é tipo ir num restaurante e deixar outra pessoa escolher a sua comida. Pode ser que você dê sorte e a refeição seja uma delícia, mas se ela souber o que você curte comer ou o que não engole de jeito nenhum, as chances de ficar satisfeita são muuuito maiores e as de se frustrar muuuito menores.

Agora, se você tiver retomado a posse do seu prazer, mesmo que saia do restaurante chateada por ter comido um prato tão insosso, é só ir para casa e curtir a sobremesa sozinha. E essa sobremesa nunca decepciona!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.