Topo

O que a Nasa faz exatamente? É bem mais do que enviar astronauta ao espaço

Foto da missão Apollo 11, da Nasa, que enviou astronautas à Lua em 1969 - Divulgação/Nasa
Foto da missão Apollo 11, da Nasa, que enviou astronautas à Lua em 1969 Imagem: Divulgação/Nasa

Thiago Varella

Colaboração com Tilt

12/11/2019 17h32

Sem tempo, irmão

  • Nasa é a agência americana que cuida dos programas de exploração do espaço
  • Uma das missões atuais do órgão é chegar ao planeta Marte
  • Uma nova viagem tripulada para a Lua está nos planos
  • Outro foco é telescópio James Webb, que será seu observatório na próxima década

Dizem por aí que o brasileiro deveria ser estudado pela Nasa. Mas, peraí, será que a agência americana faz mesmo esse tipo de estudo? Aliás, o que de fato eles fazem? Se acha que a resposta é: manda astronautas para o espaço, você está sendo simplista demais. É bem mais do que isso.

Vamos começar pela sigla. Nasa significa Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço (National Aeronautics and Space Administration, em inglês). Na definição mais básica, é a agência governamental americana que cuida das pesquisas e do desenvolvimento de tecnologias e programas de exploração do espaço.

E, sim, a Nasa manda astronautas para o espaço para conduzirem pesquisas científicas. Mas, a agência também envia satélites e sondas especiais para fora do planeta. Isso nos ajuda a aprender mais sobre a Terra, o Sistema Solar e, por que não, o nosso Universo.

Além disso, de acordo com a própria Nasa, tudo o que a agência aprende é compartilhado para que as informações possam melhorar a vida das pessoas em todo o mundo. Por exemplo, as empresas podem usar as descobertas da Nasa para criar novos produtos derivados.

"Como o travesseiro da Nasa?", você pode perguntar. Mais ou menos. A espuma de viscoelástico foi feita pela agência, mas o travesseiro não. O Fake em Nois explicou bem esta história.

A Nasa também foca parte de suas ações para a educação, investindo em programas e atividades que inspiram estudantes, educadores, famílias e comunidades na descoberta da exploração espacial. A agência também oferece treinamento para professores que aprendem novas maneiras de ensinar ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

Uma das missões atuais da Nasa é chegar ao planeta Marte. A sonda InSight foi enviada ao planeta vermelho para estudar seu interior. Já o veículo espacial Mars 2020 buscará sinais de vida microbiana passada, coletará amostras para futuro retorno à Terra e investigará recursos que algum dia poderão apoiar os astronautas.

Outro foco da agência é o Telescópio Espacial James Webb, que será o principal observatório da Nasa na próxima década. A ideia é estudar todas as fases da história do nosso Universo em infravermelho. Já a sonda solar Parker vai orbitar ao redor do Sol, viajando mais perto da superfície do que qualquer espaçonave anterior.

Lançado em abril de 2018, o Transess Exoplanet Survey Satellite (TESS) pesquisará planetas fora do nosso sistema solar, monitorando 200 mil estrelas brilhantes e próximas daqui. E uma missão na Europa, uma lua de Júpiter, está sendo planejada para ser lançada na década de 2020.

A agência também não deve parar de planejar uma nova viagem tripulada para a Lua. A ideia é usar o foguete Space Launch System da agência para levar astronautas a bordo da espaçonave Orion até o nosso satélite natural, onde eles construirão e começarão a testar os sistemas necessários para missões para outros destinos, como Marte.

Enquanto este dia não chega, neste exato momento astronautas trabalham fora da Terra na Estação Espacial Internacional, um modelo de cooperação global entre a Nasa e agências espaciais de outros países. Segundo os americanos, a pesquisa na estação é o trampolim para o próximo grande salto de exploração da instituição, enviando humanos ao espaço profundo.

Ao estudar astronautas que vivem no espaço por seis meses ou mais --incluindo dois que estiveram lá por quase um ano-- a Nasa está aprendendo como as futuras equipes podem prosperar em missões mais longas no sistema solar. A estação espacial também é uma plataforma de teste para tecnologias de exploração, como reabastecimento autônomo de naves espaciais, sistemas avançados de suporte à vida e interfaces humano/robô
Nota da Nasa em seu site oficial

Segundo a Nasa, as missões atuais e futuras "usam o ponto de vista do espaço para entender e explorar nosso planeta natal, melhorar vidas e proteger nosso futuro". A agência ajuda a entender como os recursos naturais e o clima de nosso planeta estão mudando, já que seus dados formam a base para importantes decisões feitas em todo o mundo.

Com um orçamento estimado de US$ 21 bilhões para 2020, a agência também é parte importante da economia americana. Um estudo da Space Foundation afirma que cada dólar gasto pela Nasa soma US$ 10 na economia americana.

Enfim, isso tudo é parte do que a Nasa faz. A agência ainda tem diversos outros projetos. Eles ainda não estão estudando os brasileiros, mas, sem dúvida, nos ajudam a entender melhor nosso planeta e o universo.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Curiosidades de ciências