Conteúdo publicado há 25 dias

Virada: Banda Mel mostra que o Axé se sente em casa na periferia de SP

Neste sábado (18), a Banda Mel subiu ao Palco Parelheiros, zona sul de São Paulo, da Virada Cultural da Solidariedade para comemorar 40 anos de carreira.

O que aconteceu

A banda entrou com o público ainda chegando e a chuva começando a apertar. No entanto, nada atrapalhou a alegria do grupo — que é uma lenda do Carnaval baiano.

Pioneiros da Axé Music. A banda se apresentou sob a liderança de Marcia Short e Robson Morais, membros da segunda e mais longeva formação, após longa pausa.

Banda Mel se apresentou na Virada Cultural de 2024
Banda Mel se apresentou na Virada Cultural de 2024 Imagem: Fred Pontes/Divulgação

"O samba reggae e os sucessos da Banda Mel que o Brasil todo canta nasceram na periferia da Bahia. Por isso a gente se sente em casa e acolhido em todas as periferias", disse Márcia a Splash.

"A Banda Mel vai gravar um novo trabalho na Concha Acústica, Salvador, para comemorar os 40 anos. Logo a gente conta mais sobre os convidados especiais", revelou Robson.

O Carnaval da Bahia deve para a Banda Mel, no mínimo, dois hinos absolutos: "Baianidade Nagô" e "Prefixo de Verão". Mesmo na chuva, o público vibrou com os hits — dançando como se fosse Carnaval.

José Paulo e a filha, Maiara Alves, assistiram a Banda Mel na Virada Cultural de 2024
José Paulo e a filha, Maiara Alves, assistiram a Banda Mel na Virada Cultural de 2024 Imagem: Alexandre de Melo/UOL

O zelador José Paulo, 55, já assistiu a Banda Mel dezenas de vezes em Salvador. Morando há 25 anos em Parelheiros, periferia de São Paulo, ele não vê um show da banda há um bom tempo.

Continua após a publicidade

É muito legal mostrar essa maravilha cultural da Bahia para a minha filha. Estou feliz que o jovem de São Paulo vai sentir o tambor baiano. José Paulo

Filha de José, Maiara Alves, 25, funcionária de uma empresa de marketing, comentou sobre o evento: "Meu pai está muito feliz de curtir a Banda Mel comigo. Eu já gostava, mas com ele é especial."

Deixe seu comentário

Só para assinantes