Conteúdo publicado há 1 mês

Virada da Solidariedade: 'Era público e hoje vou vender', vibra comerciante

A Virada Cultural da Solidariedade, que acontece hoje (18) e amanhã (19) em São Paulo, reúne o público em diversos pontos da cidade, incluindo comerciantes e ambulantes que enxergaram no evento, a chance de levantar uma renda.

O que aconteceu

Aline Garcia, 33, comerciante, recebeu o apoio da cunhada Aryane Maíza, 16, no food truck montando próximo ao Palco Parelheiros, zona sul de São Paulo: "No ano passado as barracas aqui pareciam rave de música eletrônica de tão animadas e lotadas", contou Aryane a Splash.

Em 2023, a gente assistiu aos shows. Eu era público e hoje vou vender. Ficou claro que seria uma grande oportunidade ter um food truck no evento de Parelheiros. Ter evento aqui é bom por isso. Aline Garcia

Marcelo Fernandes Bezerra, 50, e Vagner Alexandre, 27, começaram a organizar a barraca Chef Dindo - Culinária Brasileira às 9h de sábado. "A galera adorou a experiência de música e boa e comida pertinho de casa", disse Vagner. A expectativa de vendas do comerciante é grande devido ao público que compareceu no ano passado.

Marcelo Fernandes Bezerra e Vagner Alexandre começaram a trabalhar às 9h para a Virada Cultural de 2024
Marcelo Fernandes Bezerra e Vagner Alexandre começaram a trabalhar às 9h para a Virada Cultural de 2024 Imagem: Alexandre de Melo/UOL

Já Vinicius Erbereli, 45, é dono de uma cervejaria artesanal de São Bernardo do Campo e foi convidado pela produção da Virada Cultural da Solidariedade para montar um posto de venda na Arena Parelheiros. "Para o evento ter comércio em mais lugares. Estou animado para vender muito chopp hoje."

Deixe seu comentário

Só para assinantes