PUBLICIDADE
Topo

Botafogo

Enderson muda cenário do Botafogo na Série B, e clube vê crise se afastar

CEO Jorge Braga, presidente Durcesio Mello, Enderson e diretor executivo Eduardo Freeland na apresentação do novo técnico do Botafogo - Vitor Silva / Botafogo
CEO Jorge Braga, presidente Durcesio Mello, Enderson e diretor executivo Eduardo Freeland na apresentação do novo técnico do Botafogo Imagem: Vitor Silva / Botafogo

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

05/09/2021 04h00

Se alguma frase popular pode traduzir o momento do Botafogo é o "mudou da água pro vinho". O Alvinegro viu o cenário alterar drasticamente após a chegada de Enderson Moreira e o time se firmar cada vez mais na briga para retornar à primeira divisão. Antes apenas no meio da tabela, a equipe de General Severiano começa a querer aparecer, inclusive, no retrovisor do líder Coritiba.

A vitória de ontem (4), sobre o Remo, deixou o time, mesmo que momentaneamente, na terceira colocação — tem o mesmo número de pontos do Goiás, que entra em campo amanhã (6) contra o Cruzeiro —, e cinco pontos atrás do topo da tabela, situação que há cerca de um mês e meio parecia pouco provável.

Em meados de julho, o clube estava em ebulição. Com um rendimento abaixo do esperado em campo, críticas e protestos da torcida tinham como alvo a comissão técnica e a diretoria. Foi nesta conjuntura que a demissão do técnico Marcelo Chamusca foi anunciada, depois de 10 jogos na Série B do Brasileiro e 43,3% de aproveitamento.

À época, a primeira opção foi Lisca, mas as conversas não avançaram e a cúpula encontrou alguns obstáculos no mercado. Após uma semana da saída de Chamusca, Enderson foi anunciado. O nome não chegou a ser unanimidade logo de cara, mas o fato é que, nas mesmas 10 partidas no comando — completadas ontem —, o aproveitamento saltou para 83,3%, com oito vitórias, um empate e uma derrota.

"Temos de valorizar os atletas que estão aqui. Até pouco tempo atrás, talvez, nem pudéssemos pensar neste G4. Agora, nossa dificuldade será ainda maior. Se foi difícil chegar, será mais ainda se manter", disse o técnico, após o triunfo sobre o Remo.

Diante do desempenho em campo, a crise pelos lados de General Severiano, aos poucos, parece se afastar. Nos bastidores, o clube ainda está no mercado em busca de reforços e tem conversas adiantadas com o lateral Rafael, ex-Manchester United.

Botafogo